domingo, 10 de novembro de 2013

O lápis da Vovó

O menino observava seu avô escrevendo em um caderno, e perguntou:

— Vovô, você está escrevendo algo sobre mim?

O avô sorriu, e disse ao netinho:

— Sim, estou escrevendo algo sobre você. Entretanto, mais importante do que as palavras que estou escrevendo, é este lápis que estou usando. Espero que você seja como ele, quando crescer.

O menino olhou para o lápis, e não vendo nada de especial, intrigado, comentou:

— Mas este lápis é igual a todos os que eu já vi. O que ele tem de tão especial?

— Bem, depende do modo como você olha. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir vivê-las, será uma pessoa de bem e em paz com o mundo, respondeu o avô.

— Primeira qualidade: assim como o lápis, você pode fazer coisas grandiosas, mas nunca se esqueça de que existe uma "mão" que guia os seus passos, e que sem ela o lápis não tem qualquer utilidade: a mão de Deus.

— Segunda qualidade: assim como o lápis, de vez em quando você vai ter que parar o que está escrevendo, e usar um "apontador". Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas ao final, ele se torna mais afiado. Portanto, saiba suportar as adversidades da vida, porque elas farão de você uma pessoa mais forte e melhor.

— Terceira qualidade: assim como o lápis, permita que se apague o que está errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos trazer de volta ao caminho certo.

— Quarta qualidade: assim como no lápis, o que realmente importa não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro dele. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você. O seu caráter será sempre mais importante que a sua aparência.


— Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida deixará traços e marcas na vida das pessoas, portanto, procure ser consciente de cada ação, deixe um legado, e marque positivamente a vida das pessoas.

Fonte: Assim também contou um sabidinho Lições para vida toda - Reverendo Gerson Moura Martins.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Seja Feliz

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo.

Só você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.

Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.
Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma e agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.
Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.
É ter maturidade para falar "eu errei". É ter ousadia para dizer "me perdoe".
É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você". É ter capacidade de dizer "eu te amo".
Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...
Que nas suas primaveras você seja amante da alegria.
Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria.
E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.

E descobrirá que...
Ser feliz não é ter uma vida perfeita.
Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para esculpir a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
Jamais desista de si mesmo!!!

Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível. E você é um ser humano especial!!!

Fonte: www.metaforas.com.br

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Parábola da Rosa

Um homem plantou uma rosa e passou a regá-la constantemente.
Antes que ela desabrochasse, ele a examinou e viu o botão que em breve desabrocharia, mas notou espinhos sobre o talo e pensou,
"Como pode uma flor tão bela vir de uma planta rodeada de espinhos tão afiados?"
Entristecido por este pensamento, ele se recusou a regar a rosa e, antes mesmo de estar pronta para desabrochar, ela morreu.

Assim é com muitas pessoas.
Dentro de cada alma há uma rosa: são as qualidades dadas por Deus.
Dentro de cada alma temos também os espinhos: são as nossas falhas.
Muitos de nós olhamos para nós mesmos e vemos apenas os espinhos, os defeitos.
Nós nos desesperamos, achando que nada de bom pode vir de nosso interior.
Nós nos recusamos a regar o bem dentro de nós e, consequentemente, ele morre.
Nunca percebemos o nosso potencial.
Algumas pessoas não veem a rosa dentro delas mesmas.
Portanto alguém mais deve mostrar a elas.
Um dos maiores dons que uma pessoa pode possuir ou compartilhar é ser capaz de passar pelos espinhos e encontrar a rosa dentro de outras pessoas.
Esta é a característica do amor.
Olhar uma pessoa e conhecer suas verdadeiras falhas.
Aceitar aquela pessoa em sua vida, enquanto reconhece a beleza em sua alma e ajudá-la a perceber que ela pode superar suas aparentes imperfeições.
Se nós mostrarmos a essas pessoas a rosa, elas superarão seus próprios espinhos.
Só assim elas poderão desabrochar muitas e muitas vezes.
Portanto sorriam e descubram as rosas que existe dentro de cada um de vocês e das pessoas que amam...

Fonte: www.metaforas.com.br 

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Três pedreiros

Uma vez um viajante, percorrendo uma estrada, deparou-se com uma obra em início de construção. Três pedreiros, com suas ferramentas, trabalhavam na fundação do que parecia ser um importante projeto. O viajante, aproximou-se curioso. Perguntou ao primeiro deles o que estava fazendo. Estou quebrando pedras, não vê? Respondeu o pedreiro. Expressava no semblante um misto de dor e sofrimento. Eu estou morrendo de trabalhar, isto aqui é um meio de morte, as minhas costas doem, minhas mãos estão esfoladas eu não suporto mais este trabalho, concluiu.

Mal satisfeito, o viajante dirigiu-se ao segundo pedreiro e repetiu a pergunta .

Estou ganhando a vida, respondeu. Não posso reclamar, pois foi o emprego que consegui. Estou conformado porque levo o pão de cada dia para minha família.

O viajante queria saber o que seria aquela construção. Perguntou então ao terceiro pedreiro: O que está você fazendo?

Este respondeu: Estou construindo uma Catedral!

Três pedreiros, três respostas diferentes para o mesmo trabalho. Cada um manifestou sua própria visão.

Para o primeiro, o serviço significava dor e sofrimento. Um sacrifício que certamente tornava a ação muito mais penosa e lhe fazia mal.
O segundo pedreiro manifestou indiferença. Estava conformado mas não realizado. O trabalho nada lhe significava e ele só o fazia por obrigação.

Já o terceiro pedreiro tinha a consciência da importância do que fazia. Desempenhava a função com orgulho e satisfação. Tinha o sentimento elevado de participar de uma grande realização, o que lhe dava muito mais força, energia, ânimo, felicidade

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

CINCO CONSELHOS DO APÓSTOLO PEDRO AS IGREJAS DA ASIA - ESBOÇO MENSAGEM DE DOMINGO

CINCO CONSELHOS DO APÓSTOLO PEDRO AS IGREJAS DA ASIA
Texto: 1 Pe 5:
5:5 Semelhantemente vós, os mais moços, sede sujeitos aos mais velhos. E cingi-vos todos de humildade uns para com os outros, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.   5:6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;   5:7 lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.   5:8 Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar;   5:9 ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo.   5:10 E o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, confirmar e fortalecer.   

O apóstolo Pedro, escrevendo as igrejas da Ásia com a intenção de alertar, para a grande perseguição que viria sobre a igreja de Jesus Cristo deixa alguns conselhos, queremos de forma rápida enumerar, para uma aplicação em nosso dia a dia.

O primeiro conselho deixado pelo apóstolo, QUE OS JOVENS SEJAM SUBMISSOS AOS MAIS VELHOS. Um chamado a obediência aos jovens e quando fala-se nesse assunto podemos dizer que a obediência começa em casa, não adianta ser uma benção na igreja e não ser em sua própria casa, não adianta obedecer pastores e lideres, se não obedece os próprios pais, pois, honrar que é o quarto mandamento e o 1° com promessa, e obedecer é uma forma de honrar, partindo deste ponto serão benção na igreja e onde quer que andarem. Olhando os dias atuais quantos jovens perdendo a liberdade e outros perdendo a vida por não obedecer aos mais velhos. Quer ser benção? Obedeça. 

O segundo conselho deixado pelo apóstolo SEJAM HUMILDES UNS COM OS OUTROS, hoje as pessoas estão se prendendo muito ao “eu tenho”, seja bens, seja dons, quão maior a conquista somos levados a um status maior, com isso corremos o risco de ficarmos soberbos e em alguns casos acharmos que somos mais que alguém e o apóstolo alerta para que não venhamos a cair neste erro, chamando atenção pois o próprio Deus resiste a atitudes assim, mas ao humilde Ele exalta.

O terceiro conselho é DESCANSAR NO SENHOR, lançando em Deus toda nossa ansiedade porque Ele tem cuidado de nós, lendo este versículo lembra a ansiedade dos crentes de  Tessalônica para a segunda vinda de Jesus, aquele povo deixou de fazer as coisas, abandonaram trabalho família e ficaram esperando, colocou na mão de Deus espera descansa pois Deus tem um tempo determinado para todas as coisas, pois é ele quem cuida de nós, não adianta ficar comendo unha, pois nada vai acontecer fora do tempo.


O quarto conselho é SOBRIEDADE E VIGILÂNCIA,  o que é ser sóbrio, entenderemos melhor se fizermos uma relação com homens embriagados, podemos dizer que, o que não tem sobriedade tem visão turbado,  vive cambaleando perde a consciência, tem suas atitudes duvidosas, quando Pedro fala em ser sóbrio ele fala em ser consciente, atento, visão focada de atitudes claras, nos deixando atentos e  vigilantes pois grande são os ataques sofridos pelos cristãos e a vigilância deve fazer parte constante em nossas vidas, pois assim estaremos atentos as nossas próprias atitudes.

O quinto conselho RESISTI NA FÉ, é um chamado a perseverança não desistir em meio aos desafios e dificuldades enfrentadas, sabendo que, não somos os únicos com problemas, que muitos irmãos também sofrem. Estar firme o levara a solução dos seus problemas, pois aquele que te chamou é fiel.

Conclusão: Quando seguimos este conselho o Senhor nos APERFEIÇOA, CONFIRMA E FORTALECE.

domingo, 13 de outubro de 2013

CONSELHOS DO APÓSTOLO PAULO A UMA IGREJA QUE QUER DEIXAR MARCAS E NÃO MANCHAS

ESBOÇO DA MENSAGEM MINISTRADA NO
 ANIVERSÁRIO DA CONGREGAÇÃO EM 208 – ÁGUA DA VIDA – 12/10/2013
TEXTO: 1 Ts 5: 12- 22
INTRODUÇÃO:
                              Frase:
                                       “A igreja do Senhor Jesus é chamada para deixar marcas e não manchas”.
ELUCIDAÇÃO:
                Tão ansioso estava Paulo que quando se encontrou com Timóteo em Atenas, enviou-o de volta a Tessalônica para solicitar as informações sem as quais não tinha descanso (1 Tessalonicenses 3:1-2; 5; 2:17). Que notícias trouxe Timóteo? Havia notícias boas. O afeto dos Tessalonicenses por Paulo era mais forte que nunca; e se mantinham firmes na fé (1 Tessalonicenses 2:14; 3:4-6; 4:9-10). Eles eram efetivamente "sua glória e sua alegria" (1 Tessalonicenses 2:20). Mas também havia notícias que causavam inquietação.
(1) A pregação da Segunda Vinda tinha produzido uma situação anormal; o povo tinha deixado de trabalhar e abandonado todas as empresas ordinárias da vida para esperar a Segunda Vinda numa espécie de histeria expectante. Paulo lhes diz que se mantenham tranqüilos e que continuem suas tarefas ordinárias (1 Tessalonicenses 4:11).
(2) Estavam preocupados com o que aconteceria aos que tinham morrido antes da Segunda Vinda. Paulo lhes explica que os que dormiram em Jesus não perderão nada da glória (1 Tes. 4:13-18).
(3) Existia uma tendência a desprezar toda autoridade legal; a inclinação grega à discussão fazia com que a democracia estivesse sempre em perigo de degenerar (1 Tessalonicenses 5:12-14). (4) Continuamente existia o perigo de recair na imoralidade. Era difícil esquecer o ponto de vista de gerações e escapar ao contágio do mundo pagão (1 Tessalonicenses 4:3-8).
(5) Havia ao menos algum grupo que difamava a Paulo. Sugeriam que Paulo pregava o evangelho pelo lucro que podia receber (1 Tessalonicenses 2:5, 9); e que era algo assim como um ditador (1 Tessalonicenses 2:6-7, 11).

CONSELHOS DO APÓSTOLO PAULO A UMA IGREJA QUE QUER DEIXAR MARCAS E NÃO MANCHAS
1)      OBEDIENCIA A LIDERANÇA E UMA VIDA DE PAZ
2)      ATITUDES PARA COM OS IRMÃOS
a)      Exortando
b)      Admoestando os insubmissos
c)       Consolando os desanimados
d)      Amparando os fracos
e)      Longânimos para com todos
3)      LUTAR PELA PAZ E BOA CONVIVENCIA NA IGREJA
4)      REGOZIJAR SEMPRE
5)      ORAR SEM CESSAR
6)      DAR GRAÇAS EM TUDO
7)      TER ACESSOO FOGO DO ESPIRITO
8)      CULTIVAR OS DONS ESPIRITUAIS
9)      ANALISAR TODAS AS COISAS
10)   FUGIR DE TODA FORMA DE MAL.

CONCLUSÃO: Hoje a igreja celebra mais um ano como congregação em 208 e com certeza venceram desafios mas sabemos que outros virão  e que deverão ser vencidos também, com atitudes que marquem este bairroe a vida da igreja.

sábado, 5 de outubro de 2013

Três Marcas da Igreja Primitiva a serem adotadas hoje

Texto: Atos 4: 32-35

Introdução: Ilustração do homem seguro a uma arvore cheia de espinhos

Elucidação: O livro de Atos escrito por Lucas, endereçado a Teófilo que pode ser uma pessoa ou a junção de duas palavras gregas que significa Teo (Deus) Filo (filo), alguém que ama a Deus, é o único livro histórico do N.T, relata o inicio da igreja cristã e os feitos dos apóstolos, tem como mensagem o poder do Espírito Santo para executar a obra, Atos 1:8, O capitulo 4 conta sobre a prisão dos apóstolos sua libertação, relata o fato da igreja que estava em oração e a comunidade cristã onde extrairemos algumas características apresentadas pela igreja e que devem ser cultivada nos dias atuais. 
Quero Chamar atenção dos irmãos para os versos
vv 32a - A multidão dos que creram era um o coração e a alma:
1)   Unidade : O primeiro ensinamento  que a igreja primitiva nos traz é a busca de unidade, entendemos que ao declarar era um só coração uma só alma, relata uma ligação corpo e espírito, eles viviam em sintonia com os ensinamentos de Jesus, por que não citar João 17, em sua oração sacerdotal o evangelista declara que esperava que os apóstolos fossem um como ele era com o pai e o desejo de Jesus para os apóstolos é o mesmo para sua igreja.
Frase: “Unidade significa dar às pessoas o direito de tocar sua própria música, em seu próprio acorde, desde que estejam em harmonia com a visão de Deus” Tommy Tenney  “O amor que nos une é maior que o que tente nos separar” Anonimo

Textos de Apoio:
a)   "Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,"  (Efésios 4 : 13)
b)   "Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz."  (Efésios 4 : 3)
c)   "Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também."  (I Coríntios 12 : 12)
d)   "Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim."  (João 17 : 23)

O efeito da Unidade:
vv 32b – Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía, tudo porem lhes era comum
a)   Desapego dos bens materiais
b)   Prática da caridade e misericórdia
c)   Fortalecimento dos laços de Amor

vv 33a – Com grande poder davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus,

2)   Testemunho: Homens que foram instruídos por Jesus, receberam sua mensagem do reino creram e começaram a pregar, uma vida transformada pelo poder de Deus, trazendo uma nova forma de interpretação das leis e dos ensinamentos mosaicos, deixando de lado a hipocrisia, mentira, maldade e tantas outras coisas que os cercavam cumprindo seus compromissos com os necessitados e sua dedicação ao Senhor, assumem o papel de embaixadores do reino gozando dos privilégios e deveres de cada um.
Frase: “Testemunho não é sinônimo de autobiografia. Quando estamos realmente testemunhando, não falamos de nós mesmos, mas de Cristo” John Stott . “De cem homens, um lerá a Bíblia; 99 lerão o cristão” D L Moody
Textos de Apoio:
a)   "Detiveram-se, pois, muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da sua graça, permitindo que por suas mãos se fizessem sinais e prodígios."  (Atos 14 : 3)
b)   "Do qual davam bom testemunho os irmãos que estavam em Listra e em Icônio."  (Atos 16 : 2)
c)   "Mas, alcançando socorro de Deus, ainda até ao dia de hoje permaneço dando testemunho tanto a pequenos como a grandes, não dizendo nada mais do que o que os profetas e Moisés disseram que devia acontecer,"  (Atos 26 : 22)
d)   "Tendo testemunho de boas obras: Se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra."  (I Timóteo 5 : 10)

O Efeito do Testemunho
vv 33b – “...e em todos havia abundante graça”
a)   Estavam cheios do Espírito Santo
b)   Venciam os desafios por meio da fé
c)   O ministério estava sendo marcado pelos sinais.
vv 34  Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.
3)  Amor: O idioma grego traz basicamente três palavras para descrever o amor, filos ou amor fraternal , heros ou amor entre sexos opostos e o  agapi o amor incondicional, o ultimo era o que os discípulos e novos convertidos estavam experimentando, os que mais tinham dividiam com os que nada possuía. Quando falamos do amor agapi falamos de algo inexplicável, não precisa de motivos para atitudes d amor serem tomadas, não se busca recompensa apenas se ama e Jesus em todo seu ministério o que ele mais ensinou foi AMAR.
Frase: “Se o amor é autodoador, então inevitavelmente é vulnerável à dor”. John Stott
O amor cristão não é vítima de nossas emoções, mas servo de nossa vontade”. John Stott
O amor arde como fogo, e sobrevive à base de calor. O ar que a verdadeira experiência cristã respira e o pão de que ela se alimenta são feitos de chama. E ela suporta qualquer coisa, menos uma chama fraca. E quando a atmosfera que a cerca é fria ou morna, morre congelada ou à míngua. Não há oração verdadeira sem chamas E M Bounds
Textos de Apoio:
a)   "E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria."  (I Coríntios 13 : 2)
b)   "A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei."  (Romanos 13 : 8)
O Efeito do Amor
vv 35  E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.
1)   Venceram a desigualdade social
2)   Venceram a fome espiritual
3)   Venceram a fome material
CONCLUSÃO: Precisamos adotar princípios que nos aproximarão do Senhor e a igreja primitiva nos traz a UNIDADE, O TESTEMUNHO E O AMOR como MARCAS a serem seguidos em nossos dias para estarmos mais próximos de Jesus, fazendo a vontade de Deus e sua obra, levando cada dia mais pessoas ao conhecimento de Jesus.

Pastor Sebastião Luiz Chagas


quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Voe cada vez mais alto

Ao levantar vôo, ouviu um ruído vindo debaixo de seu assento. Era um rato que roia uma das mangueiras que dava sustentação para o avião permanecer nas alturas. Preocupado, pensou em retornar ao aeroporto para se livrar do seu incômodo e perigoso passageiro, mas lembrou-se de que devido à altura o rato logo morreria sufocado.
Então voou cada vez mais alto e notou que os ruídos que estavam colocando em risco sua viagem tinham acabado, conseguindo assim fazer sua arrojada aventura ao redor do mundo, que era seu grande sonho...
Moral da história:
Se alguém ameaçá-lo, voe cada vez mais alto...
Se alguém criticá-lo, voe cada vez mais alto...
Se alguém tentar destruí-lo por inveja e fofocas, voe cada vez mais alto...
e por fim, se alguém cometer alguma injustiça com você, voe cada vez mais alto...

Sabe por quê? Ameaçadores, críticos, invejosos e injustos são iguais aos "ratos" - não resistem às grandes alturas.

sábado, 28 de setembro de 2013

Não Desperdice Seu Câncer


PorJohn Piper,16 de Fevereiro de 2006

Estou escrevendo estas palavras na véspera da cirurgia do câncer na minha próstata. Creio no poder de Deus para curar — por meio de um milagre e da medicina. Sei que é certo e bom orar pelos dois tipos de cura. O câncer não é desperdiçado ao ser curado por Deus. Ele recebe a glória — e isto porque o câncer existe. Então, não orar pela cura pode desperdiçar seu câncer. Mas a cura não é o plano de Deus para todos. E existem muitas outras formas de desperdiçar seu câncer. Estou orando por mim e por você, para que não desperdicemos esta dor .

1. Você desperdiçará seu câncer caso não creia que isto foi planejado por Deus Não diga que Deus apenas usa nosso câncer, mas que não o planeja. O que Deus permite, ele o faz por uma razão. E está razão é sua vontade. Se Deus prevê desenvolvimentos moleculares tornando-se cancerígenos , ele pode deter isto ou não. Se não, ele tem um propósito. Por ser infinitamente sábio, é correto chamar este propósito de plano. Satanás é real e causa muitos prazeres e dores. Mas ele não é a causa última . Assim , quando ele atacou Jó com úlceras (Jó 2:7), Jó atribuiu-as a Deus (2:10), e o escritor inspirado concorda: “e o consolaram de todo o mal que o Senhor lhe havia enviado” (Jó 42:11). Se você não crê que seu câncer lhe foi planejado por Deus, você o desperdiçará.

2. Você desperdiçará seu câncer caso creia que ele é uma maldição , e não uma bênção“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus” ( Romanos 8:1). “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós ” (Gálatas 3:13). “Contra Jacó, pois, não há encantamento , nem adivinhação contra Israel” ( Números 23:23). “Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não negará bem algum aos que andam na retidão.” (Salmos 84:11)

3. Você desperdiçará seu câncer caso procure conforto em suas chances em vez de procurá-lo em DeusO plano de Deus em relação ao seu câncer não é treiná-lo no cálculo de chances racionalista e humano . O mundo consegue conforto em estatísticas . Os cristãos não . Alguns contam seus carros (porcentagens de sobrevivência) e outros contam seus cavalos (efeitos colaterais do tratamento), mas nós confiamos no nome do Senhor, nosso Deus (Salmos 20:7). O plano de Deus é claro em 2Coríntios 1:9: “portanto já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte , para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos”. O objetivo de Deus relativo ao seu câncer (entre várias outras coisas boas) é derrotar a autoconfiança em nosso coração para podermos descansar completamente nele.

4. Você desperdiçará seu câncer caso se recuse a pensar na morteTodos nós morreremos caso Jesus não retorne em nossos dias. Não pensar sobre como seria deixar esta vida e encontrar Deus é tolice . Eclesiastes 7:2 diz: “Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete ; porque naquela se vê o fim de todos os homens , e os vivos o aplicam ao seu coração”. Como você pode aplicar esta verdade a seu coração se não pensa nela? Salmos 90:12 diz: “Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios”. Contar seus dias significa pensar sobre quão poucos eles são e que terminarão. Como você conseguirá um coração sábio se você se recusa a pensar nisto? Que desperdício , caso não pensemos sobre a morte.

5. Você desperdiçará seu câncer caso pense que “vencê-lo” significa sobreviver e não aproximar-se de Cristo .Os planos de Deus e os planos de Satanás para seu câncer não são os mesmos. Satanás deseja destruir seu amor por Cristo. Deus planeja aprofundá-lo. O câncer não vencerá se você morrer, apenas se falhar em aproximar-se de Cristo. O plano de Deus é privá-lo do alimento do mundo e satisfazê-lo com a suficiência de Cristo. Isto tem o objetivo de ajudá-lo a dizer e a sentir: “tenho também como perda todas as coisas pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor”. E saber, portanto, que “o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Filipenses 3:8; 1:21).

6. Você desperdiçará seu câncer caso gaste muito tempo lendo sobre o câncer e não o suficiente a respeito de DeusNão é errado ler sobre o câncer . Ignorância não é virtude. Mas, o desejo de saber mais e mais, e a falta de zelo pelo conhecimento contínuo de Deus é sintomático no incrédulo . O objetivo do câncer é acordar-nos para a realidade de Deus, colocar sensações e força no mandamento “Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor” (Oséias 6:3), acordar-nos para a verdade de Daniel 11:32 : “O povo que conhece ao seu Deus se tornará forte, e fará proezas”, tornar-nos carvalhos indestrutíveis e firmes : “antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite. Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará.” ( Salmos 1:2,3). Que desperdício lermos dia e noite sobre o câncer e nada a respeito de Deus .

7. Você desperdiçará seu câncer caso se isole em vez de aprofundar seus relacionamentos manifestando afeiçãoQuando Epafrodito trouxe os presentes enviados pela igreja de Filipos para Paulo, ele ficou doente e quase morreu. Paulo diz aos filipenses: “porquanto ele tinha saudades de vós todos, e estava angustiado por terdes ouvido que estivera doente” (Filipenes 2:26). Que reação maravilhosa! Não diz que estavam angustiados porque Epafrodito estava doente , mas que ele estava angustiado porque os filipenses ouviram que ele estava doente. Este é o tipo de coração que Deus pretende criar com o câncer: o coração profundamente afetivo e preocupado com as pessoas . Não desperdice seu câncer voltando-se para si mesmo .

8. Você desperdiçará seu câncer caso se entristeça como quem não tem esperança .Paulo usa esta expressão para designar pessoas cujos entes queridos haviam morrido: “Não queremos, porém , irmãos , que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança” (1Tessalonicenses 4:13). Existe tristeza na morte. Mesmo para o crente que morre, há uma perda temporária — a perda do corpo, de entes queridos e do ministério terreno. Mas a tristeza é diferente — é permeada pela esperança: “desejamos antes estar ausentes deste corpo, para estarmos presentes com o Senhor” (2Coríntios 5:8). Não desperdice seu câncer ficando triste como quem não tem esta esperança .

9. Você desperdiçará seu câncer caso trate o pecado tão normalmente quanto antes.Seus pecados freqüentes permanecem tão atrativos quanto antes de você ter câncer? Se a resposta for afirmativa, então você está desperdiçando seu câncer. O câncer foi planejado para destruir o apetite pelo pecado. Orgulho, ganância, luxúria, ódio, falta de perdão, impaciência, preguiça, procrastinação — todos estes são adversários que o câncer deve atacar. Não pense apenas em lutar contra o câncer. Pense também em usá-lo. Todas estas coisas são piores que o câncer. Não desperdice o poder do câncer para esmagar estes adversários. Deixe a presença da eternidade tornar os pecados temporais tão fúteis como eles realmente são. “Pois, que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se, ou prejudicar-se a si mesmo ?” (Lucas 9:25).

10. Você desperdiçará seu câncer caso falhe em utilizá-lo como meio de testemunhar a verdade e a glória de Cristo .Os cristãos nunca se encontram em determinado lugar por acidente. Existem razões para as quais somos levados onde estamos. Considere o que Jesus diz sobre circunstâncias inesperadas e dolorosas: “Mas antes de todas essas coisas vos hão de prender e perseguir, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, e conduzindo-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome. Isso vos acontecerá para que deis testemunho” (Lucas 21:12-13). Assim também é com o câncer. Essa será uma oportunidade para testemunhar. Cristo é infinitamente digno. Aqui está uma oportunidade de ouro para mostrar que Jesus vale mais que a vida . Não a desperdice.Lembre-se de que você não foi deixado sozinho; terá a ajuda necessária: “Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus” (Filipenses 4:19).

In monergimoTradução: Josaías JúniorRevisão: Rogério Portella

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

LOUCOS POR JESUS

         

Tenho acompanhado nos últimos dias, pessoas falando de ser LOUCO POR JESUS e de algumas praticas que tem escandalizado o meio cristão e que particularmente não acrescenta em nada na vida cristã.

Uma foto de um Pastor fazendo menção de estar cheirando cocaína sobre a bíblia, querendo passar a mensagem de ser viciado na palavra, ou como ele declara em vídeo, comer a bíblia para ilustrar que a mesma é alimento, me pergunto. Isso é ser louco por Jesus?
Quero gastar um tempo falando algumas coisas que aos meus olhos são loucuras por Jesus.
Alguns homes estavam a beira da praia, eram pescadores dirigiam uma cooperativa, tinha pessoas trabalhando para eles, tinham família, Jesus se aproxima e diz: sigam-me, eles deixam tudo e seguem Jesus, LOUCOS POR JESUS.
Um certo homem coletor de impostos pouca estatura mais curioso por ver Jesus sobe em uma arvore cheia de espinhos, Jesus o chama vai até sua casa e ao ouvir Jesus diz que se houvera defraudado alguém restituiria quatro vezes, LOUCO POR JESUS.
Certo homem judeu de nascimento, mas com cidadania Romana, fariseu membro do Sinédrio, perseguidor de cristãos tem um encontro com Jesus, deixa a fabrica de tendas que era dono, passa a ser perseguido é chicoteado e passa grande parte de sua vida preso,por não negar sua fé, LOUCO POR JESUS   
Conheça o que aconteceu com alguns LOUCOS POR JESUS
Tiago, filho de Zebedeu, foi o primeiro a morrer. Foi decapitado à espada por ordem do rei Herodes Agripa I, em 44 da nossa era.
 André, irmão de Pedro, foi crucificado em Ática na Ásia Menor. Continuou admoestando seus algozes até exalar o seu último suspiro.
 Tiago, filho de Alfeu, foi lançado do pináculo do templo de Jerusalém e, a seguir, apedrejado até morrer.
 Mateus, ex-coletor de impostos, pregou por quinze anos na Palestina indo depois para Etiópia, onde foi morto à espada.
 Bartolomeu pregou na Arábia, estendendo sua pregação até a Índia. Alguns afirmam que ele foi amarrado a um saco e lançado ao mar, enquanto outros asseguram que ele foi esfolado.
 Simão, o cananeu, foi executado na Pérsia por ordem do imperador Trajano. Foi martirizado até expirar.
 Tomé, o que duvidou da aparição do Cristo ressurreto, veio a ser um dos maiores pregadores. Viajou muitíssimo, pregando nas regiões da Parta, Média, Pérsia chegando até a Índia. Foi morto atravessado por uma lança na cidade de
Coromandel.
 Judas Tadeu, irmão de Tiago, morreu cravado de flechas.
 Filipe morreu na Ásia menor enforcado num pilar do templo em Hierápolis.
 Pedro morreu crucificado no ano 67 dC com idade de 75 anos. A tradição diz que ele pediu para ser crucificado de cabeça para abaixo porque se achou indigno de morrer como seu Mestre e Senhor.
 João, irmão de Tiago, foi exilado na ilha de Patmos por ordem do imperador Domiciano. Morreu aos cem anos de idade, sendo o único dos apóstolos que teve morte natural. Segundo a tradição foi lançado num tacho de azeite fervendo de onde saiu ileso.
 O historiador da Igreja Irineu disse no primeiro século que “o sangue dos mártires (os discípulos de Jesus) foi a semente da Igreja”. Será que valeu a pena?

CONCLUSÃO:
Não é com analogias mundanas que se demonstra ser LOUCO POR JESUS,  ser louco por Jesus é buscar uma vida de santidade, vencendo os desejos carnais a cada dia, não roubando, não mentindo, não adulterando, não fornicando, não falando mal dos outros, honrando seus compromissos, sendo obediente a pais mães e liderança, levando uma vida de jejum oração e leitura da palavra.  Ser louco por Jesus é falar do seu amor a todo tempo, ser louco por Jesus é quando outros vão ao futebol, você fazer visitas a hospitais e asilos, loucos por Jesus são apaixonados por almas e pela palavra de Deus e a obra do  Senhor.
O evangelho não esta precisando de animadores de plateia o evangelho só precisa de adoradores que o adorem em espírito e em verdade, sabendo que JESUS É SUFICIENTE.

VOCÊ É LOUCO POR JESUS?
Pastor Sebastião Luiz Chagas

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Apascentando Ovelhas ou Entretendo Bodes?

Pr. Charles Haddon Spurgeon
Tradução: Walter Andrade Campelo
Um mal está no declarado campo do Senhor, tão grosseiro em seu descaramento, que até o mais míope dificilmente deixaria de notá-lo durante os últimos anos. Ele se tem desenvolvido em um ritmo anormal, mesmo para o mal. Ele tem agido como fermento até que toda a massa levede. O demônio raramente fez algo tão engenhoso quanto sugerir à Igreja que parte de sua missão é prover entretenimento para as pessoas, com vistas a ganhá-las.
Da pregação em alta voz, como faziam os Puritanos, a Igreja gradualmente baixou o tom de seu testemunho, e então tolerou e desculpou as frivolidades da época. Em seguida ela as tolerou dentro de suas fronteiras. Agora as adotou sob o argumento de atingir as massas.
Meu primeiro argumento é que prover entretenimento para as pessoas não está dito em parte nenhuma das Escrituras como sendo uma função da Igreja. Se este é um trabalho Cristão, porque Cristo não falou dele? "Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." (Marcos 16:15). Isto está suficientemente claro. Assim teria sido se Ele tivesse adicionado "e proporcionem divertimento para aqueles que não tem prazer no evangelho." Nenhuma destas palavras, contudo, são encontradas. Não parecem ter-lhe ocorrido.
Então novamente, "E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores... para a obra do ministério" (Efésios 4:11-12). Onde entram os animadores? O Espírito Santo silencia no que diz respeito a eles. Foram os profetas perseguidos porque divertiram o povo ou porque o rejeitaram? Em concerto musical não há lista de mártires.
Além disto, prover divertimento está em direto antagonismo com o ensino e a vida de Cristo e de todos os seus apóstolos. Qual foi a atitude da Igreja quanto ao mundo? "Vós sois o sal" (Mateus 5:13), não o doce açucarado - algo que o mundo irá cuspir e não engolir. Curta e severa foi a expressão: "deixa os mortos sepultar os seus mortos." (Mateus 8:22) Ele foi de uma tremenda seriedade.
Se Cristo introduzisse mais brilho e elementos agradáveis em Sua missão, ele teria sido mais popular quando O abandonaram por causa da natureza inquiridora de Seus ensinos. Eu não O ouvi dizer: "Corra atrás destas pessoas, Pedro, e diga-lhes que nós teremos um estilo diferente de culto amanhã, um pouco mais curto e atraente, com pouca pregação. Nós teremos uma noite agradável para as pessoas. Diga-lhes que certamente se agradarão. Seja rápido Pedro, nós devemos ganhar estas pessoas de qualquer forma." Jesus se compadeceu dos pecadores, suspirou e chorou por eles, mas nunca procurou entretê-los.
Em vão serão examinadas as Epístolas para se encontrar qualquer traço deste evangelho de entretenimento! A mensagem delas é: "Saia, afaste-se, mantenha-se afastado!" É patente a ausência de qualquer coisa que se aproxime de uma brincadeira. Eles tinham ilimitada confiança no evangelho e não empregavam outra arma.

Após Pedro e João terem sido presos por pregar o evangelho, a Igreja teve uma reunião de oração, mas eles não oraram: "Senhor conceda aos teus servos que através de um uso inteligente e perspicaz de inocente recreação possamos mostrar a estas pessoas quão felizes nós somos." Se não cessaram de pregar a Cristo, não tiveram tempo para arranjar entretenimentos. Dispersos pela perseguição, foram por todos lugares pregando o evangelho. Eles colocaram o mundo de cabeça para baixo (Atos 17:6). Esta é a única diferença! Senhor, limpe a Igreja de toda podridão e refugo que o diabo lhe tem imposto, e traga-nos de volta aos métodos apostólicos.


Finalmente, a missão de entretenimento falha em realizar os fins desejados. Ela produz destruição entre os novos convertidos. Permita que os negligentes e escarnecedores, que agradecem a Deus pela Igreja os terem encontrado no meio do caminho, falem e testifiquem. Permita que os oprimidos que encontraram paz através de um concerto musical não silenciem! Permita que o bêbado para quem o entretenimento dramático foi um elo no processo de conversão, se levante! Ninguém irá responder. A missão de entretenimento não produz convertidos. A necessidade imediata para o ministério dos dias de hoje é crer na sabedoria combinada à verdadeira espiritualidade, uma brotando da outra como os frutos da raiz. A necessidade é de doutrina bíblica, de tal forma entendida e sentida, que coloque os homens em fogo.