quarta-feira, 11 de julho de 2012

11 de Julho dia da Mulher Congregacional


Sarah Kalley serviu a Jesus, na evangelização do Brasil de 1855 a 1876. Foram 21 anos dedicados à obra do Senhor em terras brasileiras sempre em companhia do seu esposo o Pr. Robert Reid kalley.
Deus colocou no seu coração o desejo de formar uma sociedade de senhoras, o que não era aceitável na época, pois não ficava bem que as mulheres saíssem sozinhas às ruas. Como da igreja faziam parte três senhoras alemãs casadas, que não se conformavam com essa restrição, dona Sara pôde programar a fundação de tal sociedade, e, para sua alegria, na primeira reunião, no dia 11 de julho de 1871, portanto a 138 anos, estavam presentes 11 senhores que apoiavam a idéias. Foi sua presidente até voltar para a escócia. Era o inicio das atuais Uniões Auxiliadoras Femininas (UAFs).

Sara, também participou da organização do primeiro hinário brasileiro o “Salmos e Hinos”.

Dona Sarah faleceu em agosto de 1907 aos 82 anos. Mas seu trabalho para o reino de Deus continua vivo, dando muitos frutos através das mais de 500 UAFs espalhadas pelo Brasil, para a honra e glória do Todo Poderoso, que tem sustentado essa obra nesses 138 nos de União Auxiliadora Feminina.

Algumas atribuições das UAFS

União Auxiliadora Feminina, também chamada UAF, é composta por todas as mulheres da Igreja com mais de trinta e cinco anos; suas principais atribuições são:

I - Incentivar as mulheres da Igreja a desenvolverem seus dons e se integrarem nos ministérios existentes;

II - Comemorar o Dia da Mulher Congregacional, no dia onze de Julho;

III - Comemorar o Dia de Vida Cristã, no dia vinte de Outubro;

IV - Organizar a recepção nas festas especiais da Igreja;

V - Ajudar na ornamentação da Igreja;

VI - Realizar eventos de confraternização entre as mulheres desta e de outras Igrejas;

VII - Promover reuniões, como o Chá das Rosas, para oração, jejum, estudos bíblicos e testemunhos;

VIII - Estudar a revista Vida Cristã;

IX - Incentivar as mulheres no trabalho de visitas, evangelização e solidariedade;

X - participar das reuniões da Federação de Mulheres da Região.