sexta-feira, 15 de junho de 2012

Vencendo A Depressão


Em paz também me deitarei e dormirei, porque só Tu, Senhor, me fazes habitar em segurança." Salmos 4:8; "Jesus, porém ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médicos os sãos, mas sim os doentes." Mateus 9:12. A segunda doença do mundo, a depressão, consiste na exaustão mental e ou física provocadas por fatores internos do organismo ou fatores endógenos tais como: células do celebro, alterações hormonais, glândulas, a química geral do corpo e outros motivos não descobertos que pode levar o indivíduo à depressão, além de fatores externos ou exógeno tais como: perdas, injustiça, indecisões, abandono psicológico e estresses pelas pressões da vida, que podem ocasionar a depressão reativa.
O mais incrível é que a depressão é a doença menos diagnosticada e a mais destruidora na sociedade devido a ignorância, falta de oportunidade para se tratar ou a rejeição em aceitar e reconhecer que possui a doença. Em função disso muitas pessoas que poderiam tem um padrão de vida melhor sofrem durante vários anos de sua vida de uma agonia mental, emocional e física, pela falta do tratamento, resultando em dificuldades de relacionamentos pessoais, familiares, no trabalho e problemas na produtividade. E aquele que busca tratamento encontra um público desenformado que a estigmatiza rotulando-a de mau caráter, preguiçoso, que não tem vontade própria e um fraco espiritual.
Dez a dose por cento dos homens tem depressão, com maior incidência entre 40 a 60 anos, quando ocorrem fenômenos que alteram os níveis hormonais. É mais comum a depressão nas mulheres em função dos vários ciclos menstruais vividos que ocasionam repetidas variações hormonais, gestação, pós parto e a menopausa. Ela também é comum em idosos. A depressão é comum em todas as classes sociais e raças, ninguém escapa.
Quinze por cento das pessoas depressivas que não são tratadas cometem suicídio e oitenta por cento das pessoas que cometem suicídio são portadoras de uma doença que poderiam ser tratadas a nível mental e evitar o suicídio. Não podemos atribuir o ato suicida ao demônio porque aí estaremos nos privando do tratamento físico que pode nos trazer a cura.
Como identificar a depressão? Os sintomas que serão apresentados a seguir, se a maioria deles perdurarem por mais de duas semanas, depressão a vista. São elas: tristeza constante, ansiedade ou "vazio" em grande parte do tempo na maioria dos dias; sentimento de desesperança, pessimismo e baixa auto-estima, sentimentos negativos constantemente; sentimento de culpa, impotência e inutilidade; perda de interesse ou prazer em hobbies e atividades que antes eram apreciados, inclusive o sexo; insônia, acordar muito cedo e ou dormir muito; falta de apetite e ou perda de peso ou come demais e ganha peso; perda de energia, fadiga, sente-se lerdo ou sente uma agitação que não pode ser controlada, sente grande dificuldade com as tarefas mais simples, pois lhe parece muito difícil; pensamentos de morte ou suicídio, tentativa de suicídio, sente constantemente que a vida não merece ser vivida assim; inquietação, irritabilidade, mau humor, nunca se sente relaxado ou disposto; dificuldades para concentrar-se, lembrar-se de coisas para tomar decisões, pois sua mente está constantemente com pensamentos deprimentes, tristes e negativos; sintomas físicos constantes que não respondem ao tratamento como : dores de cabeça, problemas de digestão e dores crônicas; uma constante ansiedade que não acaba, preocupa-se com pequenas coisas; isolamento social; outros parentes com depressão, problemas com alcoolismo ou colapsos nervosos. Nas crianças os sintomas podem se apresentar como: aumento da irritabilidade, queixas constantes em relação a problemas físicos, agitação, ansiedade ou pânico excessivo sem motivo. Nos adolescentes os sintomas se apresentam como: irritabilidade, consumo de drogas, bebidas alcoólicas, rebeldia, conduta desafiadora, promiscuidade, higiene precária.
Porque é tão difícil tratar o cristão com depressão? Primeiro porque os cristãos têm uma explicação própria para as causas e tratamento de doenças mentais e emocionais, é o diabo, é o pecado, é falta de fé, e quando na verdade não existe uma relação direta. Mas o interessante é que algumas doenças mentais e a depressão são as únicas condições clínicas com sintomas espirituais. No caso da depressão as pessoas, depressivas, não querem orar, não querem ler a bíblia, não querem ir a igreja, acha que Deus os abandonou, mas a causa não é espiritual, a causa é clínica, é da doença. Sendo assim, instintivamente, percebendo os sintomas espirituais e classificamos, erroneamente, que o problema é espiritual e que necessita de tratamento espiritual. E é ai que está, muitas vezes, o engano, pois as causas são claramente físicas. Portanto, buscar ajuda médica não diminui a sua fé e condição cristã. Buscar ajuda médica e tomar antidepressivos recomendados pelo seu médico não é pecado e não é falta de fé. Buscar tratamento psicoterápico ou aconselhamento não é falta de fé. Porque foi Jesus quem disse que os sãos não precisam de médicos e sim os doentes. E por que Jesus falou isso? Porque nem todas as pessoas serão curadas. Por que? Isso está além da compreensão humana. Existe soberania de Deus, existem questões de fé e existem questões de propósito. Porque se a igreja e as autoridades espirituais tivessem a cura para todas as enfermidades, se colocariam crentes nas portas dos hospitais e se extinguia a função de médico. É lamentável quando um pastor que é guia de ovelhas, por pura ignorância, declara que crente não entra em depressão. É feio falar daquilo que não se sabe e que não se domina. Existem na bíblia passagens em que Deus cura homem de depressão utilizando terapia medicamentosa, psicoterapia e ajuda espiritual. Alguns casos podem ser resolvidos apenas com medicamentos, outros utilizando medicamentos e terapia, e outros necessitam de medicamentos, terapia e ajuda espiritual. E talvez não precisem nem de terapia e medicamentos porque Deus tem poder para curar qualquer enfermidade, inclusive aquelas que os médicos não podem curar.
Vamos mostrar para você os sintomas da depressão em um grande homem de Deus, que pelos sintomas, qualquer especialista o classificaria com depressivo, e mostraremos o processo terapêutico de Deus para curá-lo. Profeta Elias - I Reis, Capítulo 19:4, "E ele se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro:" Primeiro sintoma: isolamento social, ele caminhou quase um dia inteiro para ficar longe de tudo e de todos. Continuação do versículo 4: "... e pediu em seu ânimo a morte, e disse: Já basta," Segundo sintoma: perca do ânimo. Continuação do versículo 4: "... ó Senhor: toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais," Terceiro sintoma: desejo da morte. I Reis, Capítulo 19:5 "E deitou-se, e dormiu debaixo dum zimbro" Quarto sintoma: Prostração e dormir fora da hora de dormir.
Porque Elias entrou em depressão? Ele estava num ponto de exaustão mental causado pelo estresse que o povo produziu ao se rebelar contra Deus, e a palavra de uma mulher desencadeou o processo depressivo, pois quando uma pessoa está no ápice da exaustão mental, qualquer ato, palavra, uma frase pode ser a chave para desencadear o processo depressivo. E ela, a mulher do rei, disse: Manda avisar ao profeta se amanhã a essas horas a cabeça dele vai esta no lugar pelo que ele fez com os outros profetas.
Diante das circunstâncias, qual foi o tratamento terapêutico de Deus para curar a depressão de Elias: tratamento medicamentoso: I Reis, Capítulo 19:5-6 "E deitou-se, e dormiu debaixo dum zimbro, e eis que então um anjo o tocou, e lhe disse: levanta-te, come. E olhou, e eis que em sua cabeceira estava um pão cozido sobre as brazas e uma botija de água: e comeu, e bebeu, e tornou a deitar-se. I Reis, Capítulo 19:7 E o anjo do Senhor tornou segunda vez e o tocou, e disse: levanta-te e come," lembre-se que o depressivo perde a vontade de comer e isso enfraquece. Pão, proteína e carboidratos. Come, bebe e dorme. Terapia medicamentosa. Deus não usou poder, não usou ação soberana Dele, Ele mandou um anjo para dar comida para Elias, enfraquecido pela depressão. Agora Deus vai usar para continuar o tratamento a psicoterapia. I Reis, Capítulo 19:7 "E o anjo do Senhor tornou segunda vez e o tocou, e disse: levanta-te e come, porque mui comprido te será o caminho." O processo terapêutico de Deus injeta ânimo em Elias e esse mesmo espírito, o espírito de Deus, está entre nós, para você que está desanimado, abatido, angustiado, para você que pensa que a vida acabou e que não tem mais nada, Deus quer dizer a você o que disse para Elias, longa será a tua caminhada. Agora veremos um tratamento de consultório psicológico de Deus, veja o que Ele faz com Elias no versículo 9 e no versículo 13: "Que fazes aqui Elias..." falas, desembucha. Porque no processo terapêutico a cura começa quando você verbaliza o que está lhe incomodando e está preso dentro de você. Quando começamos abrir a boca através da verbalização começa o processo da cura e Deus perguntava a Elias para provocá-lo a falar aquilo que o incomodava, "Que fazes aqui Elias...". E a partir do versículo 11 observamos as primeiras providências para a realização do tratamento espiritual de Deus para Elias. I Reis, Capítulo 19:11: "E ele lhe disse: Sai para fora, e Põe-te neste monte perante a face do senhor. E eis que passava o Senhor," a presença de Deus é fator de cura para nós, é tratamento espiritual. Deus utiliza terapia medicamentosa, psicoterapia, aconselhamento que se vê na Bíblia e terapia espiritual, o com a presença de Deus Elias foi curado e pronto para continuar com a vida.
Quem sabe se seu problema requer apenas tratamento espiritual ou apenas um tratamento quimioterápico ou apenas um terapeuta resolva ou derrepente os três em conjunto. Vamos acabar com essa bobagem de que quem busca psiquiatra ou psicólogo é maluco, isso é desinformação, isso é ignorância. Meus irmãos nos temos que aprender que se você tem problema do coração, ou Deus cura ou procure um cardiologista, você está com problema nos ossos, ou Deus cura ou busque um ortopedista, você está com problema clínico, ou Deus cura ou trate de buscar um clínico geral, você está com problema nos olhos, ou Deus cura ou trate de buscar um oftalmologista, você está com angústia, com depressão, ou Deus cura ou procure um psiquiatra ou um psicólogo. Ou Deus cura ou você busca tratamento médico. E se você não procurar tratamento ou a sua doença vai piorar, ou ela vai ficar crônica e pode levar você a morte. Você pode ser cheio do espírito santo, você pode ser espiritual, mas não deixa de ser um ser humano com debilidades e fraquezas, vamos acabar com essa falsa espiritualidade.