domingo, 29 de abril de 2012

MENSAGEM MINISTRADA NO DOMINGO


Deus  Fiel Guarda dos Homens
Texto: Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não dormitará. Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua mão direita. De dia o sol não te ferirá, nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; ele guardará a tua vida. O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.
                                                                                                                                            Salmo 121

Introdução: Cântico Salmo 121

Elucidação: Os cânticos de romagem eram hinos cantados pelo povo de Israel no período de peregrinação anual em que o judeu se reunia em Jerusalém em um período de festividades, hinos que exaltavam o nome de Deus.
O inicio do salmo mostra “Elevo os meus olhos para os montes”, mostra a grande relação do povo com os montes e recordando de alguns fatos bíblicos podemos lembrar
a)      A Arca de Noé terminou o período do Dilúvio SOBRE O MONTE ARARATE (Gn. 8)
b)      Abraão ofereceu Isaque no MONTE MORIÁ. (Gn. 22)
c)       Moises, Arão e Ur intercedem por Josué de um MONTE na batalha contra os Amalequitas ( Ex. 17)
d)      Moises recebeu as taboas da lei MONTE SINAI (Ex.19)
e)      Maldições e bênçãos foram proferidos de dois monte, MONTE EBAL e GERAZIM (Dt. 27)
f)       O profeta Elias trava uma grande batalha no MONTE HOREBE (1 Reis 18)
g)      O grande sermão ministrado por Jesus no MONTE DAS OLIVEIRAS, que nossas bíblias trazem como tema SERMÃO DO MONTE.

E com toda essa história de bênçãos e vitorias alcançadas nos montes de Israel o Salmista deixa claro “O MEU SOCORRO VEM DO SENHOR”, não é o local e sim quem criou o local o Deus que fez os céus e a terra.

O apóstolo Paulo diante dos Atenienses que tinham um memorial ao “DEUS DESCONHECIDO”, e Paulo os apresenta  esse Deus:  Atos 17: 23-24 “porque, passando eu e observando os objetos do vosso culto, encontrei também um altar em que estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais sem o conhecer, é o que vos anuncio. O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens”;

Para quem estamos direcionando o nosso pedido de socorro, a quem clamamos em quem estamos depositando nossa confiança Salmos 20:7 “uns confiam em carros outros em cavalos; nós porem nos gloriamos em o nome do Senhor Nosso Deus”.
Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não dormitará. Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel.

O mundo (a vida) é um terreno acidentado, cheio de altos e baixos, depressões ao longo do caminho e há momentos que escorregamos, tropeçamos e o salmista mostra a ação de Deus em meio a longa caminhada que temos a seguir, durante 24 horas o Senhor cuida de nós, o profeta Elias em 1Reis 18:27, escarnecendo os profetas de Baal chama o Deus deles de dorminhoco por não estar respondendo a suplica deles, mas o nosso Deus não dorme e nem dormira e vela por nós. Aleluia!     

E o salmista termina o hino revelando de que forma somos guardados pelo Senhor, de uma forma plena e completa, de todos os lados e em todos os sentidos e nos recorda de como Deus guardou o povo de Israel no deserto, durante o dia uma coluna de nuvens para vencerem o calor do deserto e durante a noite uma coluna de fogo para vencer o frio do deserto, revelando o quanto Deus os guardou saindo do Egito até sua entrada em Canaã, fechando com uma promessa de proteção eterna.

Conclusão: A mesma promessa encontra-se viva em Jesus Cristo sobre o guardar e proteger desde a entrada no Reino fazendo parte do seu povo até a entrada no céu de glórias preparados para seus Santos “não te deixarei nem te desampararei”. Então amados entregue sua vida e confie em todo tempo no Senhor