sexta-feira, 27 de abril de 2012

FIM DOS TEMPOS


Convertido aos 14 anos a uma igreja evangélica, o carioca Marcos Gladstone, de 36 anos, hoje gay assumido, sempre acreditou que seria "recuperado" da atração que sentia por homens. Durante quatro anos, ficou noivo de uma mulher, mas pouco antes de se casar, decidiu revelar à família dela sobre sua orientação sexual.
"Não sentia amor pela minha noiva; apenas amizade. Quando disse à família dela que era gay, a fofoca se espalhou rapidamente. Ela chegou a ficar três dias sem comer", recorda.
Vítima de preconceito, Gladstone resolveu fundar em 2006, junto com seu parceiro, Fábio Inácio, de 31 anos, a "Igreja Cristã Contemporânea", pregando "um discurso de tolerância" e voltada predominantemente para o público gay.
No início, contavam apenas com cinco membros. Hoje, a igreja já tem 1,2 mil fiéis e seis filiais espalhadas pelo Brasil, além da sede no Rio de Janeiro.

Festas temáticas

Uma das formas encontradas pelas igrejas inclusivas para atrair novos fiéis e integrá-los aos membros antigos é promover festas temáticas. Na igreja 'Comunidade Cidade de Refúgio', fundada por Lanna Holder - ex-missionária da igreja evangélica Assembleia de Deus que acabou expulsa por ser lésbica - são comuns as baladas gospel, realizadas uma vez por mês.
Na festa, chamada de "EletroGospel", bebidas alcoólicas não são permitidas. "O objetivo é que todos se divirtam com moderação. Somos cristãos e, portanto, contra qualquer promiscuidade", afirmou Lanna.
Já na 'Igreja Cristã Contemporânea', os fiéis são convidados a participar de retiros espirituais, que ocorrem durante o Carnaval.
Segundo Gladstone, a igreja recebe centenas de e-mails por dia de gays que têm medo de "sair do armário". "Nosso trabalho é de aconselhamento. É muito importante que um jovem homossexual não se sinta sozinho mesmo quando a família não aceita sua orientação sexual."

I CORÍNTIOS 06:9 
Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,

A palavra de Deus é clara quando fala de criação Deus criou homem e mulher, para que unidos sejam um, mas o diabo e o próprio homem tem distorcido a palavra e confundido o amor de Deus pelo pecador com tolerância ao pecado, o homem não torna-se uma só carne com outro homem, nem uma mulher com outra mulher,  Sodoma e Gomorra foram cidades destruídas por tornaram-se capitais do pecado do V.T., estamos nos ultimos dias em que pseudo evangélicos tem surgido para confundir se possível os eleitos, opções sexuais em 90% dos casos são comportamentais é decisão, a pessoa escolheu e por ser uma decisão pode ser mudado.
Um amigo certa vez disse que eu era preconceituoso e que ele não tinha problemas com a decisão que cada escolhe, então fiz a seguinte suposição, imagine daqui a dois anos sua filha chega em casa apresentar uma outra moça dizendo ser sua namorada, ele não permitiu nem que eu completasse a minha palavra logo ele disse "Aí não!", geralmente é aceito na casa dos outros na nossa não.
Escutei que a igreja não esta preparada para receber o homossexual e é uma verdade pois a igreja é uma extensão do céu na terra e quero ser enfático "O CÉU NÃO ESTÁ PREPARADO PARA RECEBER O HOMOSSEXUAL", a igreja e o céu não esta preparada se ele quiser continuar sendo homossexual´pois se quiser transformação a igreja é este lugar, "igreja em que se prega toda a palavra e não só a porção que agrada", ou o pecador recebe a transformação real e verdadeira ou será conduzido aos passos largos para o inferno.     
Que podemos dizer "MARANATA VEM SENHOR JESUS"