quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Depoimento de uma cristã casada que caiu no adultério



“Quanto sofrimento,quanta vergonha e choro,as lagrimas tem rolado dos meus olhos todos os dias, poderia definir como” pão de dores”, aflição,pelejas e guerras. Pastor, chego a pensar que nunca irá acabar esta angústia, penso que não tem mais jeito para mim, não há mais chance.Vou explicar o que aconteceu: Passado o primeiro ano do nosso casamento, eu fiz o que nunca deveria ter feito, ainda mais como uma serva de Deus, eu traí meu marido.O diabo me convenceu que eu tinha fortes razões para isso, ele deixou esses motivos de um tamanho gigante e eu caí, e fui direto para o abismo, deixei a Palavra, a conduta leal, o respeito por mim mesma e principalmente o temor a Deus. Hoje, pago um preço alto demais, e tem sido muito doloroso a ponto de querer desistir da vida. Tivemos um período de separação, aí então o diabo veio com mais força ainda, eu me envolvi com outro homem e meu marido também arrumou uma outra, hoje estamos num processo de reconstrução, mas está muito difícil.” Eu continuei indo aos cultos,e chorava muito em todos que ia, porque sabia que estava errada ,até que um dia resolvi buscar a Deus, me arrependi e comecei a lutar pelo meu casamento e pelo meu esposo, e agora começou minha peleja de dores de parto,gemidos e muitos uivos.”

Agora, preste atenção neste versículo: “Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma.” Provérbios 6:32

A fidelidade sexual é uma das virtudes mais lindas que um ser humano pode possuir, pois é uma luta contra um dos maiores prazeres da vida, o sexo.

Acredito que é um valor que os pais devem estar inculcando no coração dos filhos, ensinando os meninos e as meninas a serem fiéis aos namorados, como que um treinamento para a vida conjugal

Fonte: Casados em