segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Os Escolhidos de Deus

Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.
1Samuel 16:7

O mundo tem formado um padrão de beleza, não é de hoje, com os veículos de comunicação, revistas de moda, no tempo do antigo testamento já tinha um padrão formado na cabeça do povo. Quando Saul foi escolhido Deus seguiu o padrão de beleza do povo ”... Saul, jovem e tão belo que entre os filhos de Israel não havia outro homem mais belo de que ele; desde os ombros para cima sobressaía em altura a todo o povo”.(1Sm 9:2) O padrão que foi escolhido não supriu a necessidade do povo, pois a sua beleza exterior escondia um caráter mal formado, tomado de inveja, desobediência, um homem que era atormentado por demônios e que por sua obediência Deus escolhe um novo rei.

O profeta Samuel é enviado por Deus a casa de Jessé para dentre seus filhos ungir um rei, que substituíra Saul no trono de Israel, porem Deus chama atenção de Samuel para não atentar nem aparência, nem altura, é como se Deus dissesse a Samuel, “não siga os padrões naturais de beleza humana, vocês olham por fora, mas eu olho por dentro”, como diz o próprio salmista: “Senhor, tu me sondas, e me conheces”.(Sl. 139:1)Deus conhece o homem no profundo, pois ele esquadrinha o coração, é como o exame médico mais avançado, revela o que está oculto dos olhos naturais. Jessé começa a apresentar seus filhos, do primeiro ao sétimo e em todos eles Deus fala a Samuel: “Não é esse”, quando passam os sete irmãos de Davi, Samuel pergunta:
-Acabaram-se seus filhos?
-Falta um, o mais moço, esta no pasto a apascentar, minhas ovelhas. Respondeu Jessé

Davi não havia sido nem chamado para esse momento tão importante, estava no pasto cuidando daquilo que não era seu, “Deus escolhe homens que tenham condições de cuidar das coisas que pertencem ao Pai “. Davi estava longe do padrão de beleza imposto pela sociedade, ele era ruivo, franzino e muito jovem, mas era o ESCOLHIDO, foi ele quem Deus chamou, não atentou a sua aparência, mas sim seu coração. E até os dias de hoje Davi é lembrado como o Grande Rei de Israel.

Em nossa vida não é diferente Deus continua a ungir “reis e sacerdotes”, para ministrar sua palavra e anunciar seu reino, não há um padrão de beleza exterior, não há uma condição familiar ou financeira para essa escolha, o que Deus busca são verdadeiros adoradores “aqueles que o adoram em espírito e em verdade”, Deus busca um coração quebrantado e contrito em sua presença, Deus busca homens e mulheres dispostos a renunciar o mundo por amor a Ele. Deus nessa manhã “TE BUSCA”.
                                                                       Pastor Sebastião Luiz Chagas