quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O GRÃO DE TRIGO QUE NÃO QUERIA MORRER

O semeador saiu a semear. Quando retirou a semente do alforje e ia jogá-la no chão, os grãos de trigo que estavam em sua mão gritaram:
- Nãããoooo, por favor, não nos mate!
- Não estou"matando" vocês, estou plantando vocês.
- Por favor, não plante a gente!
- Não precisam ter medo. Vocês vão ficar bem.
- A gente prefere ficar na sua mão.
- Eu sei, crianças, mas, vocês não podem ficar aqui para sempre.
- Mas, se cairmos na terra, nós vamos morrer.
- É verdade, mas, a morte não é uma coisa ruim.
- Como assim?
- Vocês cairão na terra, a chuva vai levá-los para debaixo da terra. Vocês morrerão como grãos de trigo, mas, um dia, vão ressuscitar.
- O que é "ressuscitar"?
- Ressuscitar é voltar a viver.
- Vamos voltar a viver como grãos de trigo, novamente?
- Não, vocês nunca mais serão grãos de trigo. Vocês irão ressuscitar diferentes do que são agora. Vocês irão ressuscitar como pés de trigo. Belos e esbeltos pés de trigo.
- Ainda estamos com medo.
- É natural que sintam medo, mas, confiem em mim, tudo vai acabar bem. Imaginem que vocês vão cruzar um rio: a vida continua do lado de lá. Vocês vão deixar a vida do lado de cá, mas irão viver do lado de lá. Uma vida nova. Diferente desta. Diferente e melhor. Muito melhor!

Como ressuscitam os mortos? e com que qualidade de corpo vêm? Quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como o de trigo.
Assim também é a ressurreição... Semeia-se em fraqueza, é ressuscitado em poder. Semeia-se corpo animal, é ressuscitado corpo espiritual.
                                                                                I Coríntios Capítulo 15

Autoria: Pr Ronaldo Alves Franco.
Inspirado num artigo enviado pelo Pr João Ferreira da Costa.