domingo, 1 de janeiro de 2012

NÃO PONHA JESUS EM PRIMEIRO LUGAR ESTE ANO

Eu tenho um conselho para você começar este novo ano:
Não ponha Jesus em primeiro lugar este ano. 
Sim, você leu corretamente. Antes de me rotular de herege, deixe-me explicar. 
Imagino que muitos de vocês estão passando por um processo semelhante ao meu agora de definir e redefinir suas prioridades. Pessoalmente, eu amo esta época do ano. Sou um muito orientado a objetivo individual, e descobri que estabelecer novas prioridades e recalibrar sua vida é uma atividade indispensável se você realmente quer fazer realidade o seu potencial. 
E é isso o que geralmente fazemos. Começamos colocando Jesus no topo. Então família. Então, talvez carreira. E assim por diante. Assim, as nossas prioridades fica parecido com isto: 
1. Jesus / Deus 
2. Família 
3. Carreira 
Parece bom, correto. No entanto, descobri que isso não é muito eficaz quando começa a rotina da vida cotidiana. Por exemplo, o que significar colocar Jesus antes da minha família? Posso ignorar a minha família para passar mais tempo com Jesus? Ou com sua carreira, parar de trabalhar para colocar Jesus em primeiro lugar? 
O problema essencial com esta abordagem é que ela segrega as diferentes prioridades da vida. Você acaba removendo Jesus de onde você gasta a maior parte do seu tempo e colocando-o em uma ilha. A maior ilha, talvez. 
Eu não acho que essa é a maneira das coisas funcionarem. Colossenses 1:15-20 repetidamente nos diz que Jesus é antes e acima de tudo. Mas também diz que todas as coisas foram criadas por e para ele. Que nEle tudo subsiste. Que o objetivo da cruz foi reconciliar todas as coisas consigo mesmo. 
Assim, Jesus está em primeiro lugar. Ele é o primeiro na ordem. Ele é o primeiro em importância. Mas Ele é assim porque Ele é o centro de tudo. 
Isso é o que Ele deve ser em sua vida. E, consequentemente, a coisa que está no centro de sua vida é a coisa que é em última análise, o primeiro na sua vida. 
Não Jesus, então a minha família. Mas Jesus em minha família. 
Não Jesus, então a minha carreira. Mas Jesus na minha carreira.
Este ano, em vez de se preocupar em colocar Jesus em primeiro lugar em sua vida, se concentraram em fazer dele o centro de todas as áreas da sua vida? Não somente como prioridade de topo na frente de cada outra prioridade, mas a prioridade em cada prioridade?
Feliz e prospero ano novo!
Pr. Adriano Bandeira
Pr. Aldenir Araújo