quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

CAMINHANDO FIRME EM JESUS CRISTO

Por Jeová são firmados os passos do homem, Em cujo caminho se deleita.
Ainda que caia, não ficará prostrado; Pois Jeová lhe segura a mão. (Salmos 37:23-24)

Um certo jovem que havia  aceitado Jesus e caminhava na presença de Deus deixou de participar dos trabalhos e sempre que via um irmão desviava e quando podia até se escondia. Não atendia o telefone e quando visitado mandava dizer que não estava, com muita dificuldade consegui falar com ele e descobri o motivo de tanta evasiva.

Em sua história de conversão,  ele vem das drogas e do vicio do álcool e em meio a sua caminhada tropeçou e caiu, sua vergonha foi tanta que perdeu a coragem de caminhar, não conseguia olhar para os irmãos pois sentia-se indigno de participar com eles da mesma mesa, sabemos que o inimigo operou em sua mente acusando o do seu pecado para afastá-lo de Deus.

Perguntei se estava arrependido e se tinha desejo de voltar a caminhar, disse-me que sim mas não tinha forças, conversando lembrei-me de uma  criança a beira do lago, jogando pedras, umas pequenas e outras grandes, pedras pequenas ondas pequenas, pedras grandes ondas grandes, disse –lhe que as pedras são os pecados arrependidos e que as ondas são conseqüência dos pecados, que tanto como as grandes como as pequenas ondas no tempo certo passam, pois a bíblia diz assim: “Pois eu lhes perdoarei as suas iniqüidades, E não me lembrarei mais dos seus pecados”.(Hebreus 8:12).
Precisamos queridos manter total dependência de Deus e a cada dia como nos diz o salmista:” Por Jeová são firmados os passos do homem”, é nele que encontramos forças para caminhada e quando estamos seguindo o caminho certo o Senhor se agrada “Em cujo caminho se deleita’. Como diz o salmista no salmo 1:1-3 “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores; antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite. Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará”.

Ainda que caia, não ficará prostrado; Pois Jeová lhe segura a mão. Foi assim com Pedro, primeiro ao andar sobre as águas depois, ao ter negado Jesus, o Senhor não o deixou prostrado, o segurou pela mão e o colocou novamente de pé. Deus quer fazer isso com cada pessoa que porventura se desvie dos seus caminhos, dando uma nova oportunidade, pois a sua misericórdia é a razão de não sermos consumidos.

Com tudo isso o jovem não tomou uma decisão para retornar ao Senhor o que me faz perceber que infelizmente não era Deus quem estava firmando seus passos, por isso buscou o caminho que não agrada a Deus, e que mesmo Deus estendendo-lhe a mão, ele recusou. Amados nunca perca a oportunidade que o Senhor nos concede de:Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”.(1 João 1:9), sermos em Cristo purificados

                                                                           Pastor Sebastião Luiz Chagas