sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Reflexão

E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós... E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
                                                                                                                                      João 17:11;22c
Jesus em sua oração sacerdotal apresenta diante de Deus os discípulos e todos àqueles que haveriam de ser salvos, um dos pedidos de Jesus é para que sejamos guardados do mal, então podemos entender que o mal existe e está a nos cercar a todo instante, 1Pe 5: 8 “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; o apóstolo Pedro nos chama a sobriedade e vigilância, pois o diabo nosso adversário está ao nosso derredor, para:  “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir...;”João 10:10a, e só há uma forma de vencer o adversário Tiago 4:7  “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. Não adianta resistência sem sujeição é uma vida de entrega, uma vida no altar de Deus, uma vida de confissão e arrependimento 1 Jo 1:9 “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça”.

O grande mistério do texto de João 17 chama –se COMUNHÃO, a glória do Pai foi nos dada para que haja COMUNHÃO, Atos 4: 32-33:   “ E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns. E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça”. O caminho da unidade deve ser trilhado pela igreja militante do Senhor Jesus, a unidade traz o poder de Deus sobre a igreja e os milagres e sinais acontecem no meio da igreja, Deus acrescenta almas a igreja que é unida, Deus dá crescimento a “denominação” que é unida, a unidade evita disputas, a unidade nos aproxima de Deus e é a garantia de sermos salvos tendo nossos pecados perdoados: 1 João 1:7 “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.

Jesus faz o papel de sacerdote, será que estamos fazendo o nosso papel de ovelha?
Obedecendo todas as direções que estão na palavra de Deus, procurando ser um com meu irmão, amando-o incondicionalmente, procurando fazer a diferença em meio a essa sociedade de valores invertidos, procurando “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;” Hebreus 12:14.
É tempo de reflexão, para uma caminhada de vitória de uma vida com Deus como está escrito em João 10:10b”...eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”. Abundancia em todas as áreas de nossa vida, tomados pelas aguas do Espirito Santo, lavado, regenerado, renovado no poder do Sangue e do Nome de Jesus.
Que Deus os Abençoe

Pastor Sebastião Luiz Chagas