sexta-feira, 11 de novembro de 2011

O Suspiro do Rei


E três dos trinta capitães desceram à penha, a ter com Davi, na caverna de Adulão; e o exército dos filisteus estava acampado no vale de Refaim. E Davi estava então no lugar forte; e o alojamento dos filisteus estava então em Belém.E desejou Davi, e disse: Quem me dera beber da água do poço de Belém, que está junto à porta! Então aqueles três romperam pelo acampamento dos filisteus, e tiraram água do poço de Belém, que estava junto à porta, e tomaram dela e a trouxeram a Davi; porém Davi não a quis beber, mas a derramou ao SENHOR,   E disse: Nunca meu Deus permita que faça tal! Beberia eu o sangue destes homens com as suas vidas? Pois com perigo das suas vidas a trouxeram. E ele não a quis beber. Isto fizeram aqueles três homens.
1Crônicas 11:15-19
Os valentes de Davi,
A bíblia traz duas listagens dos homens que se destacaram dentre os muitos valentes que acompanharam o Rei Davi, o livro de Crônicas lista 37 e alguns deles com grandes destaques, homens que só enfrentaram exércitos inteiros, homens que por um campo de lentilha colocaram a vida em risco, por saber que tudo o que tinham Deus quem deu.

O texto de 1 Crônicas 11: 15-19, faz um relato interessante de um suspiro de Davi, um desejo, uma vontade de beber água da fonte a porta de Belém, três dos valentes ouvem o que o rei deseja e tomam uma decisão: Vamos buscar essa agua, vamos matar o desejo do nosso rei, então eles saem de Adulão enfrentam uma jornada se avaliar consequências e riscos, chegam próximo e naquele lugar os Filisteus estavam acampados e nem isso parou as ações desses homens, adentaram em meio ao arraial pegaram agua e levaram ao Rei Davi, que vendo o ato de bravura não teve coragem de beber a agua mas lançou ao chão em oferta a Deus.

Quando olhamos essa atitude perguntamos o que levou esses homens a uma atitude como essa o que fez Davi para que merecesse deles tal sacrifício. Quando lemos 2 Samuel 22:2, começamos a entender, esses homens que são listados como valentes, no passado eram pessoas em aperto, desprezados, marginalizados pessoas que ninguém daria nada, Davi mudou a história desses homens mostrou que eles tinham valor, que      poderiam ter uma nova chance, o sentimento de gratidão fez com que eles tomassem uma atitude que aos nossos olhos, louca.

E diante desse relato o que estamos fazendo em gratidão a Deus por ter mudado a nossa história, “Que darei ao Senhor por todos os seu benefícios”.

Em uma analogia podemos dizer que Deus suspira por almas e nós somos seus valentes, e para agradar o nosso rei precisamos sair da nossa zona de conforto e invadir o acampamento do inimigo, trazendo almas para o Senhor, o registro desse feito não traz os nomes mais os seus feitos serão registrados a cada vida resgatada para o Senhor garante galardões no céu, diante do próprio Deus.

Então queridos, mãos a obra, siga em frente conquiste vidas para o Senhor.  

Pastor Sebastião Luiz Chagas