sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O PASSARINHO E O MOTOQUEIRO


Um motociclista passeava com sua moto numa estrada deserta quando, inesperadamente, deu de cara com um passarinho que vinha voando em sentido contrário. 

Tentou esquivar-se, mas não conseguiu, e o bichinho acabou batendo de raspão no seu capacete.

Ele parou a moto e vendo que o bichinho ainda estava vivo, apesar de inconsciente, levou-o para sua casa, colocou-o numa gaiola e cuidou bem dele, pois era um veterinário muito experiente com aves.

Dois dias depois o passarinho recupera a consciência e, ao despertar, vendo-se cercado pelas grades da gaiola, pergunta para o passarinho de uma das várias gaiolas ao lado da sua: - Onde estou? 
- Você está num presídio, responde o outro, e já emenda uma pergunta: - Qual foi a sua "bronca"? 

- Cara, não me lembro direito, mas acho que eu atropelei um motoqueiro! 


"A ti, ó Senhor, pertence a justiça,
porém a nós a confusão de rosto".

Daniel 9.7

Autor desconhecido.