quarta-feira, 18 de maio de 2011

" Não temais, nem vos assusteis... a peleja não é vossa, mas de Deus”

E disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Jeosafá; assim o SENHOR vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus. (II Crônicas 20:15)

Conta-se que, dois homens oravam a Deus, para que chovesse, pois eram agricultores e a muito não chovia no local, após a oração, um foi arar a terra, o outro ficou sentado esperando a chuva chegar. Quem confiou no Senhor?

O rei está cercado, os inimigos estão à porta. O que fazer?

O inimigo é mais forte não tem como enfrenta-lo e ser vitorioso. O que fazer?

As cobranças por uma atitude começam a chegar. O que fazer?

Quando estamos cercados, os inimigos estão à porta, quando o inimigo é mais forte, quando outros esperam de nós uma atitude, precisamos buscar ao Senhor, os homens da história precisavam de chuva, buscaram ao Senhor em oração, Jeosafá estava vivendo um momento difícil, foi ao templo, buscou o Senhor em oração. Quando vivemos momentos difíceis a nossa atitude não pode ser diferente é preciso buscar a Deus, buscar a Deus é reconhecer que dependemos d’Ele, que d’Ele é só uma palavra.

Os dois homens buscaram a Deus, um ficou esperando a chuva, o outro creu na oração, pois a mão no arado e foi preparar a terra, confiou na oração, acreditou em Deus, Jeosafá, saiu do templo foi adorar a Deus, assim querido tem de ser conosco orou, confia, descansa em Deus, faça como Jeosafá adore a Deus, ou como o homem da história, põe a mão no arado e siga em frente. “O inimigo quer desestabilizar-nos, abalando a nossa confiança em Deus, mais como Deus disse a Jeosafá, ele fala conosco,” Não temais, nem vos assusteis... a peleja não é vossa, mas de Deus”.

Deixe Deus no controle e a vitória é certa.

                                                                             Pastor Sebastião Luiz Chagas