terça-feira, 24 de maio de 2011

Eu Sabia Que Você Viria!


Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa. E, levantando-se logo diante deles, e tomando a cama em que estava deitado, foi para sua casa, glorificando a Deus. (Lucas 5: 24-25)

Na guerra...
- Meu amigo ainda não regressou do campo de batalha, senhor. Solicito permissão para ir buscá-lo, pediu um soldado ao seu superior.- Permissão negada, soldado, respondeu o oficial, não quero que você arrisque a sua vida por um homem que provavelmente já está morto.
O soldado, desconsiderando a proibição, saiu e, uma hora mais tarde, voltou transportando o cadáver de seu amigo.
O oficial ficou furioso:
- Eu te disse que ele já estava morto! Agora, por causa da sua indisciplina, eu perdi dois homens, pois você ficará preso e enfrentará a corte marcial. Valeu a pena, soldado, só pra resgatar um cadáver?
E o soldado respondeu:
- Senhor, quando encontrei o meu amigo ele ainda estava vivo e pode me dizer: "Eu sabia que você viria!"

O livro de Lucas 5: 17-24, conta que Jesus estava assentado ensinando a lei no meio estavam fariseus, mestres da Lei e Lucas diz que “o poder do Senhor estava com ele para curar”, o texto relata que uns homens transportavam um paralitico e de toda forma tentavam coloca-lo diante de Jesus, só que a multidão não os deixava chegar, então estes homens subiram o eirado e introduziram este homem na presença de Jesus pelo telhado da casa. Quando o homem foi colocado a frente de Jesus, Jesus destaca a fé daqueles homens e declara para o enfermo “curados estão os seus pecados, os fariseus que ali estavam se indignaram pois não criam na divindade de Jesus, sendo assim aos seus olhos ele não era Deus por isso não tinha poder para perdoar pecados e Jesus com grande sabedoria pergunta-lhes: “Qual é mais fácil dizer? Os teus pecados te são perdoados; ou dizer: Levanta-te, e anda? Deixando-os calado Jesus deu ordem ao paralitico levanta e anda. Aleluia! Ele pegou sua maca e foi pra casa.

Podemos aprender muito com esse fato, não sei qual a relação entre aqueles homens e o paralitico, acredito que se não havia nenhuma, a atitude deles perpetuou uma grande amizade, o esforço desmedito daqueles homens para ver o “amigo” de pé abre precedentes para que, hoje venhamos a nos sacrificar, para que outros possam estar diante de Cristo, se não consigo só busco ajuda. Abre precedente para buscar aquele irmão que estacionou, não tem ido mais as reuniões, não aparece nos cultos, a muito não vai a escola dominical, vive um momento em que precisa ser carregado. Podem até falar que esse homem não conhecia Jesus e seu irmão sim, “Será que conhece?”

Como em nossa ilustração a pessoas que estão esperando por uma visita, um telefonema, se sentem esquecidas, vivendo momentos de depressão, em meio a uma grande batalha, esperando por socorro.

Mesmo que digam pra você: “fulano não te jeito”, creia sempre no poder transformador de Jesus, o poder que pega o homem caído, põe de pé e faz dele um vencedor.

Então nesse dia ore ao Senhor, peça para que Deus traga a sua memória alguém que nesse momento espera ser lembrado, que precisa caminhar novamente, recebendo a cura do Senhor.

Eu Sabia Que Você Viria!

Um bom dia!

                                                                                  Pastor Sebastião Luiz Chagas