terça-feira, 1 de março de 2011

APENAS UMA CORRENTE FINA

Certo dia um homem foi a um circo e ficou observando os animais fortes e ferozes. Cada qual em sua jaula, menos o elefante, que era mantido preso por uma ridícula corrente, completamente incapaz de deter o mais forte de todos os animais daquele circo. O homem não conteve sua curiosidade e perguntou ao tratador de animais:

- Vocês não têm medo que o elefante quebre essa correntinha e fuja?

- Não! Ele não consegue quebrar essa corrente.

- Como assim, até eu seria capaz de quebrar essa corrente, se me prendessem a perna com ela?

- Ele não consegue quebrá-la porque nem tenta fazê-lo. Quando ele era pequeno, ele tentou várias vezes, mas, não conseguiu, pois, naquela época, essa corrente era capaz de prendê-lo. Agora ele cresceu, mas ainda não "sabe" que ficou mais forte que a corrente, que agora pode quebrá-la com um simples puxão de perna. Como dizemos, ficou condicionado. Por isso, nem tenta mais.

Em nossa vida não é diferente, em alguns momentos experimentamos derrotas e o passar do tempo faz com que deixemos de lutar. Ficamos mais fortes, temos plena condições de vencer todos os desafios mais estamos condicionados a não tentar, devido a derrotas passadas, como o elefante de nossa história, nesse dia, liberte-se das correntes que o prendam e alcance a vitória.

O sábio é mais poderoso do que o forte.
Provérbios 24.5