segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ENVOLVIDO X COMPROMETIDO

“Este povo honra-me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.” “Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes” (Mt 15.8; Jl 2.13).

Na vida o ser humano se envolve ou se compromete com uma série de coisas, podemos nos envolver com pessoas e grupos sociais, como também nos comprometer com elas, existe uma imensidão de fatores que nos levam tanto a nos envolver como nos comprometer, por outro lado no sentido espiritual acontece o mesmo, as escrituras nos dão prova disso, que certamente veremos no decorrer desse estudo. Devemos entender em que situação uma pessoa está envolvida ou comprometida com determinada coisa. Mediante esse comentário quero focar sobre Neemias um homem comprometido em três aspectos.
Significados

Envolvimento: Sem compromisso não implica responsabilidade. A pessoa apenas se envolve e não tem nada a ver, a qualquer momento deixa de se envolver, embora isso não signifique que o envolvido não seja responsabilizado, a envoltura é superficial. Comprometimento: Envolve algo mais sério, além de envolvido ainda está intrinsecamente ligado de forma mais direta, seja com a família, o bem estar dos seus semelhantes, trabalho, Igreja e na obra de Deus. Necessitamos de empenho e obrigação.

I. Envolvidos X Comprometidos
Envolvimento e comprometimento não se dizem respeito somente as questões espirituais, mas em todos os significados da vida. Na nossa convivência e relações humanas devemos estar envolvidos e comprometidos com as demandas sociais, provendo o melhor para os nossos semelhantes, pois para isso fomos posto no mundo. As escrituras apresentam vários personagens não somente envolvidos, mas, totalmente comprometidos com o reino de Deus, eles levaram a sério todas as suas ações e atitudes, mas para isso o amor deve estar em ação. Imprescindívelmente devemos entender até que ponto você está comprometido com Deus e a sua obra, os comprometidos contagiam outras pessoas para o compromisso, enquanto aqueles simplesmente envolvidos não fazem nenhum esforço e ainda afastam os que querem ter compromisso. Os verdadeiros comprometidos têm garra e determinação, eles fazem a diferença, tanto no compromisso com Deus, quanto com as questões socais (Ne).

II. Os três compromissos de Neemias
1. Deus. Neemias era um servo compromissado com Deus, compreendia que nada podia fazer sem a sua direção (Ne 1.5,6);

2. Questões sócias da sua terra. Ao saber das noticias que a sua região estava na miséria tomou decisões importantes de restaurá-la (Ne 1.1-4);

3. O Rei. Neemias era um copeiro do rei e para tomar tal decisão seria necessário levar ao seu conhecimento para que tivesse permissão, mas não foi preciso, porque o semblante de Neemias denunciara alguma preocupação e isso chamou a atenção do rei (Ne 2.1-7). Nenhum Cristão deve levar uma vida sem compromisso.
 
III. O comprometimento na obra de Deus
1. O comprometimento com a obra de Deus implica espontaneidade, vontade de servir melhor (Cl 3.23), sobretudo a pré-disposição em sacrificar a própria vida pela obra (At 20.24; Fp 1.21; Rm 8.35; 2 Co 4.16).
 
2. Empenhado com crescimento do reino de Deus, desenvolver a obra, cooperar financeiramente, tudo isso é uma obrigação de todos quanto estiverem comprometidos. Infelizmente existem muitos cristãos meramente envolvidos, a falta de comprometimento acarreta sérios problemas, entretanto o nosso dever é influenciar com atitudes que estimulem aos outros a serem comprometidos.

3. Resultado do compromisso. Os comprometidos se alegram em ver o resultado do seu empenho, pois nada mais prazeroso do que ter um resultado satisfatório dos nossos esforços, seja na vida secular ou espiritual, principalmente quando perpetramos para Deus.

Exemplos de envolvidos x comprometidos
Pessoas envolvidas e comprometidas; Ló estava envolvido, enquanto Abraão estava comprometido (Gn 13.7-9); Os dez espias estavam apenas envolvidos, Josué e Calebe, comprometidos (Nm 13.27-39 e 14.6-9). Os envolvidos não têm responsabilidade, desistem diante das dificuldades; Os envolvidos não veem como os comprometidos, Geasi e Elizeu (2 Rs 6.15-17); Os irmãos de Davi estavam envolvidos numa batalha, mas não tinham coragem de lutar, Davi estava comprometido e desafiou gigante (I Sm 17.23.46); Os comprometidos pelejam até o fim sem se intimidar enfrentando qualquer situação. Neemias, comprometido com a restauração da sua terra não se intimidou com as ameaças dos seus inimigos (Ne 6.3,9); A mulher de Ló estava apenas envolvida no episódio da vida do seu marido, enquanto Jó estava comprometido e totalmente decidido (Jó 13.15); Somente 300 homens de Gideão estavam comprometidos, o restante estavam envolvidos (Jz 7.1-7); Judas estava envolvido, porém os demais discípulos estavam comprometidos (Mt 26.75; 27.3-5) e tantos outros que poderíamos citar, entretanto devemos nos encorajar através dos exemplos dos que se comprometeram.

Queridos, nos comprometemos com a obra do Senhor em todos os aspectos, pois quem se empenha com afinco colherão os bons frutos (Gl 6.7), e colhe de acordo com a quantidade do que planta (2 Co 9.6), o que contribui, contribua com alegria (2 Co 9.7-10) “para que em tudo enriqueçais para toda beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus” (2 Co 9.11).O envolvimento apenas não traz resultados, onde vale salientarmos que Deus nos escolhera para dar frutos, e este, permanecer (Jo 15.16). Continuem comprometidos com a obra de Deus, pois este te recompensará.



Pr. Elis Clementino – Itapissuma – PE/Brasil

sábado, 29 de janeiro de 2011

UM DOMINGO QUASE IGUAL

Mamãe estava muito concentrada fazendo o almoço de Domingo, quando papai convidou-me para ir com ele comprar guaraná.
Saímos com duas sacolas cheias de vasilhames. Eu estava ficando animado, pois estávamos chegando perto do bar. Para minha surpresa, ele passou direto, sem parar, parecendo não ter visto o bar.
Então perguntei: - Pai, você não vai comprar aqui?
E ele respondeu: - Vamos mais adiante.
Seguimos mais alguns metros e chegamos perto da padaria, que fica bem em frente a adega. Fiquei intrigado quando tranqüilamente ele seguiu em frente como se não tivesse visto nem uma nem outra.
Tornei a perguntar: - Pai, nós não vamos pegar os refrigerantes aqui?
Pacientemente, respondeu-me: - Só mais um pouquinho e nós vamos chegar ao mercado.
Confesso que estava ficando chateado e bravo, pois tínhamos passado por três lugares diferentes que vendiam guaraná e o meu pai quis andar mais só para comprá-los ali.
Quando entrarmos no mercadinho, Sr. Silva nos deu um sorriso muito gostoso e espontâneo. A primeira coisa que perguntou foi se a mamãe havia melhorado do resfriado.
Prestativamente foi pegando nossas sacolas e colocando nelas os refrigerantes. Meu pai quis saber notícias da mulher dele, dona Maria. Foi informado de que ela estava arrumando a casa e preparando o almoço, pois o domingo era o único dia da semana em que não trabalhavam o dia todo. Os dois conversaram mais um pouco e então pude observar a amizade e o carinho que respeitosamente tinham um pelo outro.
Ao despedirem-se, Sr. Silva fez um gesto carinhoso na minha cabeça, olhou-me com ternura e comentou com meu pai: - Como está bonito este garoto! Você deve ter muito orgulho dele!
Saímos do mercadinho e voltamos para casa. No caminho comecei a pensar e responder no lugar do meu pai à pergunta que eu mesmo havia lhe feito enquanto íamos. O preço daquele refrigerante era mais ou menos igual em qualquer um dos lugares, só que ali, naquele mercadinho, tanto eu quanto meu pai sentimo-nos reconhecidos como seres individuais, pessoas distintas e diferentes do mundo.
Naquele domingo aprendi uma lição especial; igual em conteúdo, em rótulo e em tampinha só mesmo o guaraná.

Eu sou alguém especial, tenho minha individualidade e devo valorizar-me por isso, fazendo a mesma coisa com as outras pessoas. Isto é muito legal e faz com que nos sintamos muito bem.

A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco.
Romanos 13.8

Fonte: Site do Pastor

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

O ANEL DO PROFESSOR

- Professor, eu me sinto um inútil. Não tenho força alguma. Dizem-me que não sirvo para nada... que sou lerdo... um completo idiota. Ajude-me, por favor.
O professor, sem olhá-lo, disse-lhe: - Sinto muito, meu jovem. Você me pegou num dia ruim. Estou tentando resolver um sério problema. Volte outra hora, por favor.
Quando o jovem já ia saindo, o professor lhe propôs: - Bem, se você me ajudasse, eu poderia resolver o meu problema mais rápido, daí a gente poderia conversar...
- C... Claro, professor, gaguejou o jovem, bastante inseguro.
O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno e disse ao garoto: - Monte meu cavalo e vá até o mercado vender este anel. Preciso pagar uma dívida, mas, por favor, não o venda por menos que uma moeda de ouro. Vá correndo e volte o mais rápido que puder.
Mal chegou ao mercado, o jovem começou a oferecê-lo a todos que encontrava. Eles olhavam com algum interesse, mas, quando o jovem dizia quanto pretendia pelo anel, eles riam, volviam-lhe as costas, ignoravam-no. Somente um velhinho, vendo o sofrimento do rapaz, foi simpático com ele, e lhe explicou que uma moeda de ouro era muito dinheiro por aquele anel.
Um outro, tentando ajudar, chegou a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem, seguindo as orientações do seu professor, recusou a oferta.
Abatido pelo fracasso, montou novamente o cavalo e, muito triste, voltou para a casa do professor. Chegou mesmo a desejar ter uma moeda de ouro e comprar aquele anel, mesmo que não valesse tanto, somente para ajudar seu mestre.
Ao entrar na casa, relatou: - Professor, sinto muito, não consegui vender o anel. É impossível conseguir o que o senhor está pedindo por ele. Talvez eu possa conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas, não mais que isso. Não podemos enganar ninguém sobre o valor deste anel.
- Você tem razão, meu amigo. Antes de tentar vender o anel, deveríamos, primeiro, saber seu real valor. Não queremos enganar ninguém, nem ser enganado, não é mesmo? Por favor, faça-me mais uma coisa: Monte novamente o cavalo e vá até o joalheiro; quem melhor do que ele para saber o valor deste anel? Diga-lhe que eu quero vendê-lo e pergunte quanto ele pode ofertar, mas, atenção meu amigo, não importa o quanto ele ofereça, não venda o anel ao joalheiro. Apenas pergunte o valor do anel e o traga de volta.
Ainda tentando ajudar seu professor, o jovem foi até o joalheiro e lhe deu o anel para examinar. O joalheiro, então, lhe disse: - Diga ao professor que, se ele tem pressa em vender o anel, não posso lhe dar mais do que 8 moedas de ouro...
- 8????? Perguntou o jovem.
- Sim, replicou o joalheiro, posso chegar a lhe oferecer até 10 moedas, mas, só se ele não tiver pressa.
O jovem, emocionado, correu até a casa do professor e contou-lhe tudo. – 8 moedas de ouro, uau! – exclamou o professor, e rindo, zombou: - Aqueles homens no mercado deixaram de fazer um bom negócio, não é mesmo? – Sim, professor, concordou o menino, todo empolgado.
- Então, professor, perguntou o menino, o senhor vai vender o anel por 8 ou por 10 moedas? – Não vou vendê-lo, respondeu ele, fiz isso apenas para que você entenda uma coisa:
- Você, meu jovem, é como esse anel: uma jóia valiosa e única. Mas, somente pessoas sábias podem avaliar seu real valor. Ou você pensava que qualquer um poderia avaliá-lo corretamente? Não! Não importa o que digam de você, o que importa é o seu real valor.
E, dizendo isso, colocou seu anel de volta no dedo.
- Todos nós somos como esta jóia: únicos e valiosos. Infelizmente, passamos a vida andando por todos os mercados da vida, barateando nosso próprio valor, pretendendo que pessoas mal preparadas nos valorizem. Ninguém deveria ter a força de nos fazer sentir inferior, sem o nosso consentimento. Cada um de nós é especial, pois foi Deus que nos fez.

"Não se julguem melhores do que realmente são. Ao contrário, sejam modestos nos seus pensamentos, e cada um julgue a si mesmo conforme a fé que Deus lhe deu". Romanos 12.3

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Não Perca!

DEIXE A RAIVA SECAR

Certa vez uma menina ganhou um lindo brinquedo no dia do seu aniversário, mas uma amiguinha o levou para sua casa sem permissão e o destruiu antes mesmo dela brincar uma única vez com ele.

Ela ficou muito brava e queria porque queria ir até a casa da amiga para brigar com ela. Mas a mãe ponderou:

- Você se lembra daquela vez que você chegou em casa com lama no seu sapato? Você queria limpar imediatamente aquela sujeira, mas sua avó não deixou. Ela lhe disse para deixar o barro secar, pois assim ficaria mais fácil limpar.

- Sim, mamãe, eu me lembro.

- Pois é, meu amor, com a raiva é a mesma coisa. Deixe-a secar primeiro, depois fica bem mais fácil resolver tudo.

Mais tarde, a campainha tocou: era a amiga trazendo um brinquedo novo, em reposição ao que havia quebrado, pelo que se desculpou.

E a menina respondeu:

- Não faz mal, não, minha raiva já secou!

Alexandre, o latoeiro, causou-me muitos males. O Senhor lhe pague segundo suas obras.
II Timóteo 4.14

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

EU SEI QUEM VOCÊ É

Todas as manhãs um senhor idoso pegava aquele ônibus lotado e descia em frente à uma clínica. Certo dia, uma moça que sempre o observava, perguntou-lhe: - O senhor trabalha nesta clínica?

- Não, respondeu ele, minha esposa está internada aí. Ela tem o mal de Alzheimer.

- Puxa, lamento muito. E como ela está?

- Não está muito bem. Está com a memória bastante prejudicada. Já nem me reconhece mais.

- Mesmo assim o senhor enfrenta este ônibus lotado todos os dias, somente para vim visitá-la.

- Sim!

- Mas, se ela já não o reconhece mais, nem se lembra das coisas, porque o senhor vem todos os dias?

- Ela já não sabe quem eu sou, mas eu sei quem ela é. Ela não se lembra mais das coisas, mas eu jamais me esquecerei dela.

O amor nunca desanima, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.

I Coríntios 13.7

Fonte: Site do Pastor

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

TUDO CONTRA MIM






Depois veio a ele a palavra do SENHOR, dizendo: Retira-te daqui, e vai para o oriente, e esconde-te junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão. 1Reis 17. 2,3

Hoje eu acordei com uma sensação estranha...parecia que tudo estava contra mim. Você já se sentiu assim? A primeira reação a esse fato é a de se encolher em algum caminho e não querer saber de nada nem ninguém. Mas, aos poucos, fui entendendo e me senti como Elias quando Deus pediu a ele que se escondesse junto à torrente de Querite, fronteiriça ao Jordão. Ali, Deus estava para iniciar um novo momento na vida desse home, tão comum como eu e você. Naquele lugar, que Deus havia escolhido,Elias iria aprender a viver em tal dependência do Senhor e do seu poderoso sustento, o que certamente não acontece quando nos colocamos em nossos “esconderijos”. Escondermos – nos no lugar que Deus prepara é a melhor solução para cessarmos com nossas dúvidas e inquietações. É justamente ali que Deus nos guiará, sustentará e Dara novas coordenadas para seguirmos com novos projetos e desafios.

Sei que você pode estar sentindo-se assim como eu me senti. Mas atente bem para uma coisa: o Senhor quer mos falar algo, transmitir-nos alguma mensagem de alento. E mais, se a torrente secar, depois de algum tempo não se assuste, Ele mesmo providenciará uma nova direção e trará os seus cuidados sobre a sua vida. Alimente-se e dependa d’Ele, pois Ele é fiel.


Pr. Antonio Carlos Telles – ICNV Nova Friburgo(RJ)


Fonte: Livro “A CADA DIA UMA NOVA VIDA”

Devocionais diários escritos pelos Bispos e Pastores da ICNV

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Metamorfose

E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Rom. 12:2.



A expressão traduzida como "transformai-vos", em nosso texto, vem da palavra grega metamorphoo, "mudar, transfigurar, alterar na aparência". Nossa palavra "metamorfose" é derivada dessa raiz grega. Uma das definições de metamorfose é "uma mudança acentuada que tem a ver com desenvolvimento, na forma ou estrutura de um animal (como uma borboleta ou rã), e que ocorre após o nascimento".


Minha esposa e eu gostamos de jardinagem, mas a menos que tomemos cuidado, certas criaturas que passam por metamorfose arruínam aquilo que plantamos. A natureza delas é assim. São chamadas lagartas. A maioria das pessoas despreza essas criaturas destruidoras e rastejantes. Mas quando uma lagarta passa pela metamorfose, sua natureza se altera e ela emerge da crisálida como uma linda borboleta.


Nos primeiros séculos da era cristã, a borboleta era usada como símbolo da ressurreição. A idéia era a seguinte: assim como a natureza da lagarta se transforma pelo processo da metamorfose, assim também aqueles que morrem em Cristo serão transformados de mortais para imortais pela ressurreição na Segunda Vinda (ver I Cor. 15: 51-53).


Há um clube exclusivo na América, chamado Clube Lagarta; admite somente pessoas que tenham sobrevivido à queda de um avião, sem pára-quedas, e que tenham vivido para contar a história. Seus membros crêem que receberam uma segunda oportunidade para viver; e não é surpreendente que a lagarta seja o símbolo de sua "nova vida".


A Bíblia ensina que o povo de Deus passará por uma metamorfose por ocasião da Segunda Vinda. Se quisermos experimentar essa mudança, precisamos primeiro experimentar a metamorfose da conversão - a transformação que ocorre quando o Espírito Santo entra em nossa vida e nos torna novas criaturas em Cristo. Em ambos os casos, é o poder de Deus que entra em ação. Alguns chamam essa energia transformadora de "o poder da ressurreição" (ver Filip. 3:10).

Fonte: Site Jesus Voltará

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

COM VOCÊ

Certa vez um pai deu um castigo ao filho:

- Dormir no sótão.

Lá pela meia-noite o pai foi vê-lo e o encontrou com os olhos arregalados.

- Pai, deixe-me ir dormir na minha cama.

- Não, meu filho, você foi rebelde e precisa aprender a arcar com as conseqüências dos seus atos.

- Mas, pai, eu tenho medo de ficar aqui sozinho.

- Então, o papai vem dormir com você.

Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho.

Hebreus 12.6

Assim é nossa vida, passamos situações dificeis, em que nos sentimos, só e amedrontados, perdemos o sono diante das dificuldades em que o Senhor, permite que aconteçam para nos ensinar, como em nossa ilustração, não estamos só, o Pai está conosco até que as coisas clareem. O nosso Mestre não virá te socorrer, pois Ele já está presente em meio as nossas angústias, "Socorro PRESENTE na hora da angustia", conversa com Ele e a resposta virá.  

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O AÇÚCAR DA NOSSA VIDA

Certo dia, um homem foi em uma escola falar de Deus. Chegando lá, perguntou se as crianças conheciam Deus. Responderam que sim. Insistiu com a pergunta e elas disseram:

- Deus fez a terra, o mar... tudo.

Não satisfeito com a resposta dos alunos, o homem foi mais longe:

- Como vocês sabem que Deus existe, se nunca viram Deus?

A sala ficou toda em silêncio. Mas Pedro, um menino muito tímido, levantou as mãozinhas e disse:

- A minha mãe me disse que Deus é como o açúcar. Eu não vejo o açúcar dentro do meu leite, mas se a minha mãe não colocar açúcar, eu não tomo o meu leite.

Come mel, filho meu, porque é bom.

Provérbios 24.13

Fonte: Site do Pastor 






REPRIME A TUA VOZ DO CHORO


Certo dia, um de meus filhos desapareceu. Apenas seu carro foi achado. Mas, mesmo em meio a essa grande dor eu pude louvar e glorificar ao meu Deus.
Precisei ser forte para enfrentar sozinha essa situação, uma vez que meu esposo estava doente e eu não queria deprimir meus outros filhos.
Todavia, um dia eu não agüentei mais, chorei tanto que quase desmaiei. Buscando forças em Deus, abri a Bíblia ao acaso e bati os olhos em Jeremias 31:16-17:

"Assim diz o Senhor: Reprime a tua voz do choro, e das lágrimas os teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor, e eles voltarão da terra do inimigo. E há esperança para o teu futuro, diz o Senhor; pois teus filhos voltarão para os seus termos".

Pela fé apropriei-me deste texto bíblico como sendo uma promessa de Deus, e Deus fez o milagre.
Dias depois, quando levei meu esposo à Brasília para fazer alguns exames, encontrei meu filho convertido e batizado. O Senhor o havia arrancado das mãos do inimigo para testemunhar que Ele é um Deus vivo e que faz milagres.

Ao Senhor seja dada toda a glória.

Pois, tantas quantas forem as promessas de Deus, nele está o sim.

II Coríntios 1.20

Fonte: Site do Pastor

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O Carpinteiro e a Casa


Um velho carpinteiro estava para se aposentar. Contou a seu chefe os planos de largar o serviço de carpintaria e construção de casas, para viver uma vida mais calma com sua família. Claro que sentiria falta do pagamento mensal, mas necessitava da aposentadoria. O dono da empresa sentiu em saber que perderia um de seus melhores empregados e pediu a ele que construísse uma última casa como um favor especial.

O carpinteiro consentiu mas, com o tempo, era fácil ver que seus pensamentos e seu coração não estavam no trabalho. Ele não se empenhou no serviço e utilizou mão de obra e matéria prima de qualidade inferior. Foi uma maneira lamentável de encerrar sua carreira.

Quando o carpinteiro terminou o trabalho, o construtor veio inspecionar a casa e entregou a chave da porta ao carpinteiro. "Esta é a sua casa", ele disse, "meu presente para você."

Que choque! Que vergonha! Se ele soubesse que estava construindo sua própria casa, teria feito completamente diferente, não teria sido tão relaxado. Agora iria morar numa casa feita de qualquer maneira.

Assim acontece conosco. Construímos nossas vidas de maneira distraída, reagindo mais que agindo, desejando colocar menos do que o melhor. Nos assuntos importantes não empenhamos nosso melhor esforço. Então, em choque, olhamos para a situação que criamos e vemos que estamos morando na casa que construímos. Se soubéssemos disso, teríamos feito diferente.

Pense em você como um carpinteiro. Pense na sua casa. Cada dia você martela um prego novo, coloca uma armação ou levanta uma parede. Construa sabiamente, pois é a única vida que você construirá. Mesmo que tenha somente mais um dia de vida, esse dia merece ser vivido graciosamente e com dignidade.

A vida é um projeto de "faça você mesmo".

O que poderia ser mais claro que esta frase? Sua vida de hoje é o resultado de suas atitudes e escolhas feitas no passado. Sua vida de amanhã será o resultado das atitudes e escolhas que fizer hoje.

Parece difícil? Muita responsabilidade? Peça a ajuda a Deus:

"Se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, ele dará porque é generoso e dá com bondade a todos" Livro de Tiago, capítulo 1 verso 5

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

UMA FLOR HORROROSA

O parque estava quase deserto quando me sentei num banco embaixo dos ramos de um velho carvalho, desiludido da vida, com boas razões para chorar, pois parecia que o mundo estava conspirando contra mim.

Eu queria ficar só, mas, um garoto ofegante se chegou, cansado de brincar, parou na minha frente, cabeça pendente, e, cheio de orgulho, disse-me:

- Veja o que encontrei, e estendeu em minha direção uma flor horrosamente decaída, macetada, nas últimas.

Querendo me ver livre do garoto o quanto antes, fingi um pálido sorriso e tentei iniciar a leitura de um livro de auto-ajuda, mas, ao invés de ir embora, ele se sentou ao meu lado, levou a flor ao nariz e disse:

- O seu cheiro é ótimo. Fique com ela!

Então, estendi minha mão para pegá-la e respondi com ironia:

- Obrigado, menino, essa flor era tudo o que eu precisava para completar o meu dia.

Mas, ao invés de estender o braço, ele manteve a flor no ar, para que eu a pegasse de suas mãos. Nessa hora notei, pela primeira vez, que o garoto era cego.

- De nada, disse ele sorrindo, feliz por ter feito uma boa ação.

Uma ação tão boa que me fez ver a mediocridade dos meus pensamentos e das minhas atitudes diante dos reveses da vida.

                                                                                 Bem-aventurados os olhos que vêem o que vós vedes.
                                                                                                                                                Lucas 10.23

Queridos a momentos em nossas vidas que a unica vontade que nos resta é de sumir, de chorar, de morrer, vontade de ficar só, a ultima coisa que esperamos é a presença de alguem. Estamos desiludidos, destruidos a fé e a esperança não fazem mais parte do nosso viver e nesses momentos queridos é necessario que o Espirito de Deus nos sacuda,nessa ilustração o sacudir de Deus na vida deste homem foi mostrar que ao seu lado havia um garoto com um problema aos olhos humanos pior que os que ele estava vivendo, mais que mesmo sem enxergar contemplava a beleza de uma flor.
A fé nos faz contemplar o que os nossos olhos carnais não podem vê, trazendo assim esperança de dias melhores, que o que voce esta vivendo neste momento não é como o problema daquele garotinho que não tinha solução, o teu problema vai passar e voce poderá comtemplar com os olhos carnais a sua vitória.    





terça-feira, 11 de janeiro de 2011

UM PASTOR DE CORAGEM !!!

Interessante oração feita em Kansas na sessão de abertura do Senado deles.
Parece que oração ainda chateia algumas pessoas.
Quando pediram para o ministro Joe Wright abrir a nova sessão do Senado de Kansas, todos estavam esperando o tradicional discurso, mas isso foi o que eles ouviram:

"Pai celeste, nós estamos diante de Ti hoje para pedir Teu perdão e para buscar Tua direção e liderança.

Nós sabemos que Tua palavra diz:

'Cuidado com aqueles que chamam o mal de bem, mas isto é exatamente o que temos feito'

Nós perdemos nosso equilíbrio espiritual e revertemos nossos valores.

Nós exploramos os pobres e chamamos isso de loteria.

Nós recompensamos preguiça e chamamos isso de bem-estar.

Nós cometemos aborto e chamamos isso de escolha.

Nós temos permitido o aborto e chamamos de justificável.

Nós negligenciamos a disciplina de nossos filhos e chamamos isso de construção de auto-estima.

Nós abusamos do poder e chamamos isso de política.

Nós invejamos as coisas dos outros e chamamos isso de ambição.

Nós poluímos o ar com coisas profanas e pornografia e chamamos isso de liberdade de expressão.

Nós ridicularizamos os valores dos nossos antepassados e chamamos isso de iluminismo.

Sonda-nos,

oh,

Deus, e conhece os nossos corações hoje; nos limpa de todo pecado e nos liberta.

Amém! "

A resposta foi imediata.
Um número de legisladores saíram durante a oração em forma de protesto. Em 6 semanas,
a igreja chamada Central Christian Church, onde o Reverendo Wright é pastor, recebeu mais que 5.000 ligações e somente 47 foram negativas.
A igreja agora está recebendo pedidos internacionais de cópias desta oração, como a Índia, África e Korea.
O comentarista Paul Harvey colocou essa oração no ar no seu programa de rádio 'O Resto da História',
e recebeu o maior índice de ouvintes que o seu programa já teve.

.Se esquecermos que somos uma nação dirigida por Deus, então seremos uma nação destruída'.

O Senhor é meu pastor, nada me faltará..." Sl 23.

"Os homens que tentam fazer algo e falham, são infinitamente melhores do que aqueles que tentam fazer nada e conseguem."

Colaboração: Irmã Flávia





domingo, 9 de janeiro de 2011

CULTO DE SANTA CEIA

REALIZAMOS NO SEGUNDO DOMINGO DESTE MES O CULTO  SANTA CEIA, FOI UM CULTO TREMENDO, COM VARIOS MOMENTOS GRANDIOSOS PARA A GLÓRIA DE DEUS
ESTIVERAM PRESENTES CERCA DE 90 PESSOAS ONDE MUITOS TIVERAM DE ASSISTIR O CULTO DO LADO DE FORA DO TEMPLO, ESTAMOS ORANDO POIS PRECISAMOS DE UM ESPAÇO MAIOR PARA A GLÓRIA DE DEUS. 

MOMENTO DE OFERTA

 MOMENTO DE ORAÇÃO

APRESENTAÇÃO DA PIETRA

 PIETRA FILHA DO FILIPE E SABRINA
É APRESENTADA AO SENHOR

 VIDAS SE RENDENDO AO SENHOR

WESLEY E PAUL RICHARDS
VIDAS QUE SERENDERAM AO SENHOR
 EMPOSSADA AS UNIÕES
 DE HOMENS, MULHERES E JOVENS E ADOLESCENTES

 IRMÃOS CHAMADOS AO MINISTÉRIO

 CIDINHA, VIVIAN E CLAYTOM
 SERÃO EXPERIMENTADOS AO DIACONATO
CASO APROVADO SERÃO CONSAGRADOS 

DENISE E YAGO
MINISTÉRIO DE LOUVOR
 SANTO AGOSTINHO
 MINISTÉRIO DEBORAS

CRIANÇAS DO GERAÇÃO ELEITA

 MINISTÉRIO DE LOUVOR KAIROS

 TEMPO DE ADORAÇÃO
ATENÇÃO TOTAL

 LARISSA

 LARISSA SENDO BATIZADA


MOMENTO DE SANTA CEIA


sábado, 8 de janeiro de 2011

Muitas instituições caíram e caem na armadilha das mudanças drásticas de coisas que não precisam de alteração, apenas aprimoramento. O que lembra a história de duas pulgas.
Elas estavam conversando e então uma comentou com a outra:
- Sabe qual é o nosso problema? Nós não voamos, só sabemos saltar. Daí nossa chance de sobrevivência, quando somos percebidas pelo cachorro, é zero. É por isso que existem muito mais moscas do que pulgas.
E elas contrataram uma mosca como consultora, entraram num programa de reengenharia de vôo e saíram voando. Passado algum tempo, a primeira pulga falou para a outra:
- Quer saber? Voar não é o suficiente, porque ficamos grudadas ao corpo do cachorro e nosso tempo de reação é bem menor do que a velocidade da coçada dele. Temos de aprender a fazer como as abelhas, que sugam o néctar e levantam vôo rapidamente.
E elas contrataram o serviço de consultoria de uma abelha, que lhes ensinou a técnica do chega-suga-voa. Funcionou, mas não resolveu. A primeira pulga explicou por quê:
- Nossa bolsa para armazenar sangue é pequena, por isso temos de ficar muito tempo sugando. Escapar, a gente até escapa, mas não estamos nos alimentando direito. Temos de aprender como os pernilongos fazem para se alimentar com aquela rapidez.
E um pernilongo lhes prestou uma consultoria para incrementar o tamanho do abdômen. Resolvido, mas por poucos minutos. Como tinham ficado maiores, a aproximação delas era facilmente percebida pelo cachorro, e elas eram espantadas antes mesmo de pousar. Foi aí que encontraram uma saltitante pulguinha:
- Ué, vocês estão enormes! Fizeram plástica?
- Não, reengenharia. Agora somos pulgas adaptadas aos desafios do século XXI. Voamos, picamos e podemos armazenar mais alimento.
- E por que é que estão com cara de famintas?
- Isso é temporário. Já estamos fazendo consultoria com um morcego, que vai nos ensinar a técnica do radar. E você?
- Ah, eu vou bem, obrigada. Forte e sadia.
Era verdade. A pulguinha estava viçosa e bem alimentada. Mas as pulgonas não quiseram dar a pata a torcer:
- Mas você não está preocupada com o futuro? Não pensou em uma reengenharia?
- Quem disse que não? Pensei, sim! E fui conversar com a minha avó, que tinha a resposta na ponta da língua.
- E o quê ela disse?
- Não mude nada. Apenas sente no cocuruto do cachorro. É o único lugar que a pata dele não alcança.

MORAL: Você não precisa de uma reengenharia radical para ser mais eficiente. Muitas vezes, a GRANDE MUDANÇA é uma simples questão de reposicionamento.

Virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos, e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas.
                                                                                                                           II Timóteo 4.3-4

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

O BISCOITO DO ARREPENDIMENTO

Conta-se de um evangelista que se deparou com um sujeito que veementemente negava ser um pecador.
Ele escapulia de todas as tentativas do homem de Deus de convencê-lo de seus erros:
- Eu sou um bom pai, um bom marido, um bom vizinho, um bom cidadão. Sou honesto e trabalhador. Cumpro minhas obrigações. Não tenho do que me arrepender!
Em dado momento da conversa, o Espírito Santo sussurou no ouvido do evangelista: " - Pergunte para ele sobre o biscoito". Assustado, em pensamento, o crente questionou o Espírito Santo: " - Biscoito? Que é isso meu Senhor?" E a voz do Espírito repetiu-se: " - Obedeça-me. Pergunte-lhe sobre o biscoito".
- Então, você não tem mesmo nenhum pecado?
- Não, sou um homem correto. Não tenho do que me arrepender!
- Bem, Deus manda-me fazer-lhe uma perguntar esquisita, eu não sei o que é, mas creio que você deve saber. O Espírito Santo de Deus pergunta: "- E o biscoito?"
Uma facada no estômago não teria lhe causado dor maior. O homem se contraiu todo, lágrimas abundantes correram por seu rosto e ele começou a soluçar:
- Bis-coito, que bis-coito?
E o evangelista repetiu a pergunta. E o homem levou outro choque, ainda maior. E soluçava mais ainda:
- Que bis-coi-to? Que bis-coi-to?
Depois que conseguiu se acalmar, contou para o evangelista que quando ele era criança sua família era muito pobre e sua mãe mantinha os biscoitos à chave, pois a provisão devia durar um mês inteiro. Mas ele sabia onde a mãe escondia a chave e a pegava escondido, comia os biscoito e tornava a colocá-la no lugar.
Um dia, desconfiada, sua mãe reuniu os filhos e "apertou-os", tentando descobrir o que estava acontecendo. Seus irmãos juraram para ela, às lagrimas, que não tinham nada a ver com isso. E ele não só negava ter sido o autor do roubo como ainda acusava seus irmãos e os xingava de falsos e fingidos.
Anos depois, sua mãe veio a falecer e ele nunca teve coragem de confessar o seu pecado. Até aquele dia.

Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.
                                                                                                                  I João 1.10

domingo, 2 de janeiro de 2011

"João 3:16"

Na cidade de Chicago, numa noite fria, escura, havia uma forte névoa.Um garotinho estava vendendo jornais na esquina, as pessoas estavam fugindo do frio. O garotinho estava com tanto frio que ele não poderia ficar vendendo jornais. Ele caminhou até um policial e disse:
- Senhor, saberia me dizer onde um pobre garoto poderia encontrar um lugar quente para dormir esta noite? Sabe, eu durmo em uma caixa na esquina logo abaixo e o frio é terrível à noite. Como seria bom eu ter um lugar quente para ficar. O policial olhou para o garotinho e disse:
- Você desce a rua até aquela grande casa branca e bata na porta. Quando alguém vier abrir a porta você apenas diz "João 3:16", eles deixarão você entrar.
Então o garotinho caminhou até a casa e bateu na porta e uma senhora o atendeu. Ele olhou para ela e disse:
- "João 3:16".
A senhora disse:
- Entre, filho. Ela o levou para dentro da casa e o sentou numa poltrona em frente a uma grande lareira, e se retirou. Ele ficou ali sentado e pensou "João 3:16. Eu não entendi isto, mas isto é certo que aquece um menino que sentia frio." Mais tarde a senhora voltou e perguntou-lhe:
- Você está com fome?
- Ele respondeu:
- Bem, um pouco. Eu não como há alguns dias. A senhora o levou até a cozinha e sentou-o numa mesa cheia de comida. Ele comeu até não poder mais. Então ele pensou: "João 3:16... Eu não entendi isto, mas isto é certo que sacia a fome de um menino". Ela o levou até o banheiro onde tinha uma enorme banheira cheia de água quente e ele entrou na banheira e molhou-se. Ainda molhado, ele pensou, "João 3:16...".
"É certo que eu não entendi isto, mas isto fez de um menino sujo, limpo. Você sabe, eu nunca tinha tido um banho de verdade em toda a minha vida. O único banho que eu tive foi quando eu fiquei em frente a um grande hidrante de incêndio que estava esguichando água". A senhora o levou até o quarto e o colocou em uma grande cama antiga e cobriu-o com um cobertor até o seu pescoço, deu-lhe um beijo de boa noite e apagou as luzes. Assim que ficou no escuro e olhou para a janela, a neve começou a cair naquela noite fria e ele pensou, "João 3:16... Eu não entendi isto, mas isto fez com que um menino cansado, descansasse".
Na manhã seguinte, a senhora voltou até o quarto e o levou para a mesma mesa cheia de comida. Depois que ele comeu, ela o levou de novo para mesma poltrona em frente à lareira e pegou uma Bíblia grande e sentou em frente a ele. Ela o olhou e perguntou:
- Você entendeu João 3:16?
- Ele disse:
- Não, senhora. A primeira vez que eu ouvi foi na noite passada quando um policial me disse para usar isto.
Então ela abriu a Bíblia em João 3:16, e começou a explicar para ele sobre Jesus. Ali mesmo em frente à grande lareira, ele deu seu coração e vida para Jesus. Ele sentou e pensou, "João 3:16. Eu não entendi isto, mas isto faz um menino perdido ser salvo".
"Você sabe, eu tenho que te confessar, eu não posso entender, como Deus enviou seu próprio Filho para morrer por mim, e como Jesus concordou em fazer tal coisa? Eu não entendi isto, mas é certo que isto faz a vida valer a pena".
João 3:16-18 diz:
* 16 "Porque Deus amou tanto o mundo de tal maneira que deu seu único Filho, para que todo aquele que nele acredita não pereça, mas tenha a vida eterna".
* 17 "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele".
* 18 "Quem nele crê não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porque ele não crê no nome do único verdadeiro Filho de Deus".
Se você não tem vergonha de fazer isto, siga estes caminhos. A Palavra de Deus diz:
* "Porque, quem se envergonhar de mim e das minhas palavras, dele se envergonhará o Filho do homem, quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos". (Lucas 9:26).
* "Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também dele se envergonhará o Filho do homem quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos". (Marcos 8:38).
- Sim, eu amo a Deus. Ele é minha fonte de existência e meu salvador. Ele me mantém a cada e todo dia. Sem Ele, eu não seria nada e sem Ele, eu não sou nada, mas com Ele eu posso fazer todas as coisas através de Jesus, que me dá força. "Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece". (Filipenses 4:13).

sábado, 1 de janeiro de 2011

O BATE-BOCA DAS FERRAMENTAS

Conta-se que na carpintaria certa vez houve uma estranha assembléia. Foi um verdadeiro bate-boca pra acertar diferenças.
Um martelo exerceu a presidência, mas os participantes lhe notificaram que teria que renunciar. A causa? Fazia demasiado barulho; e além do mais, passava todo o tempo golpeando.
O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir algo.
Diante do ataque, o parafuso concordou, mas por sua vez, pediu a expulsão da lixa. Dizia que ela era muito áspera no tratamento com os demais, entrando sempre em atritos.
A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro que sempre media os outros segundo a sua medida, como se fora o único perfeito.
Nesse momento entrou o carpinteiro, juntou o material e as ferramentas e iniciou o seu trabalho.
Utilizou justamente o martelo, a lixa, o metro e o parafuso.
Finalmente, a rústica madeira se converteu num fino móvel. Quando a carpintaria ficou novamente só, a assembléia reativou a discussão. Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:
"Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o carpinteiro não trabalha com os nossos defeitos, mas, sim, com as nossas qualidades, com nossos pontos fortes. Assim, proponho abandonarmos esta discussão e nos concentrarmos em tarefas construtivas".
A proposta foi aceita por unanimidade e todos se sentiram, então, uma verdadeira equipe, capaz de produzir objetos de qualidade, se unidas num mesmo próposito e nas mãos e na mente do hábil carpinteiro.

O corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo... e Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis.

I Coríntios 12.12, 18