sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

UM POUCO DE HISTÓRIA DENOMINACIONAL

MISSÃO EVANGELIZADORA DO BRASIL E PORTUGAL -MEBP
Em meados de 1890 a Igreja Evangélica Fluminense, pioneira no evangelismo brasileiro, resolveu fazer uma grande campanha evangelística. Devido a muitos moradores da cidade que não tinham coragem de ir ao templo evangélico, por proibição do clero romano, que os ameaçava de excomunhão, foi constituída uma comissão, que resolveu alugar o teatro Fenix Dramático, onde foram realizadas diversas conferências a partir de 14 de outubro, que resultou em muitas conversões a Cristo. Com tamanho sucesso, ficou resolvido organizar uma entidade missionária com o objetivo de continuar o trabalho de evangelização. Assim surgiu a Sociedade de Evangelização, que depois, foi-lhe acrescentada a expressão do Rio de Janeiro. Foi fundada em 08 de novembro de 1890. Suas atividades no entanto, só tiveram início em janeiro de 1891 . O lema adotado pela Sociedade, está em Marcos 16: 15: "Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura". E em 22 de julho de 1919 teve o seu nome mudado para Missão Evangelizadora do Brasil e Portugal: MEBP. O trabalho da MEBP abrangeu os campos de Piraí, Volta Redonda (RJ); Cataguases, Itamarati, Astolfo Dutra, Muriaé (MG); Atibaia, Franca (SP); Cupira (PE); Chelas, Paio Pires, Ponte do Sôr e respectivas Missões ou Congregações (Portugal). A Missão também financiou o estudo de dois jovens portugueses no Seminário Teológico. Organizou "Feiras missionárias" e "Bazares" com o fim de divulgar o trabalho de missões e também arrecadar fundos para a manutenção de seus Obreiros. Em 1987, numa das Feiras, contamos com a participação do Missionário James Hudson Taylor III, bisneto de Hudson Taylor, conhecido como o primeiro missionário enviado a China. A missão Evangelizadora do Brasil e Portugal criou o "Boletim Ocasional" para publicar suas atividades e as dos diversos campos e respectivos obreiros. É a primeira Missão transcultural no Brasil. Na década de 90 ampliou seu raio de ação missionária cooperando com onze campos nacionais e nove no exterior. Atualmente coopera com os seguintes campos: No Brasil Campo da Paraíba (PB), Paragominas (PA), Porto R. do Colégio (AL), Cascavel (PR) e Maringá (PR). No exterior Castellón (Espanha), Esmirna (Turquia), Montargil (Portugal), Mora (Portugal), Norte da África e Sudão (África). Em 22 de novembro de 2009, adquirimos autorização para comercializar os Salmos e Hinos, com a Igreja Evangélica Fluminense, detentora dos direitos autorais das Obras. Ressaltamos que os recursos apurados com as vendas serão revertidos em ações para os campos missionários. Denilson Ferreira Administrador da MEBP