quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A mente é um grande campo de batalha, se estamos com a mente legal enfrentamos qualquer desafio, mais se não está boa pequenas pedras nos derrubam. O apostolo Paulo era uma pessoa com uma mente privilegiada, pois “as aflições do tempo presente não impediam de enxergar a glória futura a ser revelada por intermédio do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”. A carta Igreja de Filipos foi escrita entre 61 e 63 dC, e Paulo nessa ocasião encontrava-se preso em Roma e mesmo em meio a cadeias, escreveu essa carta como se estivesse vivendo os dias mais tranquilos de sua vida. Queridos, Paulo tinha algo que tem faltado a muito Cristão nos dias atuais a verdadeira PAZ DE CRISTO, a paz no mundo é não ter guerra é uma anistia, a PAZ DE CRISTO não é a ausência de guerra, e sim a confiança que em meio a guerra Ele se faz presente, Paulo estava preso mais a alma estava livre, pois ele tinha uma certeza “não sou eu mais quem vive, mais Cristo vive em mim”, por isso nessa manhã deixo essa palavra, 1- Conversão – mudança de pensar. Triagem constante de conceitos e ideias. 2- A mente convertida oferece a Deus culto racional – Rm 12:1,2 3- verdadeiro – Ef 4:25; Rm 3:4; Ef 6:14 4- honesto – 1 Tm 2:2; 3:4; Tt 2:2,7; 3:8 5- justo – verificar retidão nos atos e palavras – Cl 4:1 6- puro – 2 Co 11:2; Tg 3:17; 1 João 3:3 7- amável – 8- boa fama (reputação) – Ec 7:1 – é o perfume que dura mais ! Tornar-se um cristão forte envolve uma mudança completa de personalidade, do coração para fora. Para se comportar como um cristão, precisa-se pensar como um cristão. O cristão precisa pensar ativamente, e não passivamente. Paulo diz para deixar que esta coisa "ocupe o vosso pensamento" (4:8). Uma mente ociosa acolherá todo tipo de pensamentos, desde os bons até os maus; mas uma mente ativa trabalhará para controlar-se, detendo-se no que é nobre e bom, deixando fora o que corrompe.