domingo, 13 de setembro de 2009

INGRATIDÃO

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1Corintios 15:58
No domingo ouvi de duas pessoas suas desiluzões ministeriais, tendo de viver a ingratidão de pessoas com quem se trabalha, com aqueles que investiram tempo em aconselhamento e ajuda, e em meio as disiluzões estão se sentindo traídas.
Quando olhamos para a bíblia, para a palavra de Deus lemos a história de Israel, um povo escolhido e separado por Deus, experimentou diretamente do cuidado e da manifestação de Deus e também negarão a Deus e aqueles que Deus levantou para guia-los e orienta-los.
Quando olhamos no NT a história de Jesus, vemos pessoas que foram alimentadas por Ele na multiplicação de pães e peixes, creio que até pessoas que experimentaram de milagres, na hora de escolher entre Jesus e Barrabás escolheram Barrabás.
Quando lemos as epistolas de Paulo em algumas ele deixa transparecer as suas decepções em corintios ele precisa defender sua apóstolicidade. Em outra carta ele relata a sua decepção com João Marcos que o abandonou.
O próprio apóstolo que sofreu tanto em relação a ingratidão deixa uma direção ministerial para nossa vida:
1) Ser FIRME e CONSTANTE - Manter a posição, não parar em meio as dificuldades que encontramos e ingratidões que passaremos por elas.
2) Sempre ABUNDANTE - Não pare de produzir, sede sempre árvore frutífera, independente das pedradas que virão, só árvores com frutos levam pedradas
3)Porque o vosso trabalho NÃO É VÃO NO SENHOR - A nossa recompensa vem do céu, a nossa recompensa vem do Senhor, até gostamos de ouvir os elogios que vem "dos homens", mais a nossa recompensa vem do Senhor, o fruto do nosso trabalho está em Deus.
Se você estiver passando por um momento assim lembre do exemplo de Jesus, sendo crucificado, Ele olha para o céu e ora Pai perdoa-os pois não sabem o que fazem. Que Deus o abençoe e: "sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor".